anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 28 de junho de 2022

Secretária reforça importância de programas sociais de MS em evento com ministro da Cidadania

Mais de 170 mil famílias recebem o Auxílio Brasil em MS.
21/06/2022 às 15:06
da Redação, Leomar Alves Rosa
(Monique Alves- Sedhast )

O Mais Social, programa do Governo do Estado em prol de famílias em vulnerabilidade social, foi destacado pela titular da Secretaria do Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Elisa Cleia Nobre, durante evento na tarde de segunda-feira (20), em Dourados, com o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento. A Jornada Auxilio Brasil contou com mobilização da Sedhast para que técnicos de vários municípios de Mato Grosso do Sul participassem de capacitação com a equipe do ministério.

“Com performance firme e entendimento entre as diferentes esferas de governo, estamos nos preocupando e auxiliando as famílias que mais precisam. Programas sociais do Governo Federal, como o Auxilio Brasil e a diminuição de imposto em contas de luz, se somam aos nossos programas como o Mais Social e o Energia Social, que paga integralmente a conta de luz de famílias em vulnerabilidade social. São somas que no fim multiplicam a capacidade dessas famílias, proporcionando dignidade e qualidade de vida”, ressaltou a secretária.

A deputada federal, Teresa Cristina, também presente no evento, reforçou o compromisso dos técnicos e servidores da assistência social nos 79 municípios sul-mato-grossenses. “Em tempos de pandemia vocês são o primeiro elo e estão lá fornecendo as informações e auxiliando as famílias”, disse.

Fechando a mesa de abertura, o ministro da Cidadania disse que programas de transferência de renda devem ser um trampolim e não uma ancora na vida das pessoas. “O trabalho de cada um da assistência social é fundamental para que chegue [o benefício] para quem mais precisa. O Auxilio Brasil é gigante. O dinheiro é do cidadão brasileiro e esse tem que voltar para ele, gerando dignidade para a nossa população”, finalizou.

Mais de 170 mil famílias recebem o Auxílio Brasil em MS, das quais 90% são chefiadas por mulheres. Na oportunidade o Ministério da Cidadania liberou ainda R$ 5 milhões de reais em recursos e equipamentos, para cidades como Campo Grande, Dourados, Corumbá e Ponta Porã.

Também participaram do evento o prefeito de Dourados, Alan Guedes, José Mário Antunes, secretário municipal de Assistência Social de Campo Grande (SAS), Luciana Siqueira, secretária Nacional de Atenção a Primeira Infância, além de representantes de parlamentares federais e de prefeituras de MS.