anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 25 de junho de 2022

São Gabriel do Oeste recebe 522 cobertores do Governo do Estado

O Estado deve entregar 80 mil cobertores aos 79 municípios do MS.
24/05/2022 às 16:09
da Assessoria
(Divulgação Assessoria da Prefeitura )

Nesta terça-feira (24), o vice-prefeito Valdecir Malacarne e a secretária de Assistência Social, Rosane Moccelin, estiveram em Campo Grande para receber, do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, 522 cobertores que devem reforçar a Campanha do Agasalho “O frio passa, o carinho fica” de São Gabriel do Oeste.

Durante a solenidade realizada nesta manhã, o governador Reinaldo Azambuja e a primeira-dama, Fátima Azambuja, fizeram a entrega simbólica de mantas para as autoridades municipais. “O frio não espera e esta ação vem de encontro às pessoas com vulnerabilidade”, frisou. Ao todo, o Estado deve entregar 80 mil cobertores aos 79 municípios do MS.

Valdecir agradeceu a iniciativa do Governo do Estado, a atenção e auxílio para todos os municípios. “Nós sabemos o quanto esses cobertores serão úteis para as famílias que mais precisam; agradecemos ao Governo por mais esta parceria e pelo cuidado em levar mais carinho, conforto e calor aos cidadãos sul-mato-grossenses”, disse.

Além de São Gabriel do Oeste, neste primeiro dia serão destinados 27.390 cobertores a outros 35 municípios: Anastácio (1.080 unidades), Angélica (519), Aral Moreira (729), Aquidauana (1165), Bandeirantes (347), Bela Vista (1167), Bodoquena (544), Bonito (391), Caracol (444), Corguinho (357), Corumbá (3.007), Coxim (1.511), Deodápolis (413), Dois Irmãos do Buriti (806), Eldorado (553), Guia Lopes da Laguna (791), Ivinhema (477), Jaraguari (280) e Jardim (563).

Também recebem hoje: Jateí (333), Juti (717), Ladário (684), Laguna Carapã (514), Miranda (2.131), Mundo Novo (635), Nioaque (821), Nova Alvorada do Sul (652), Porto Murtinho (350), Ribas do Rio Pardo (652), Rio Negro (301), Rio Verde (1.004), Rochedo (417), Selvíria (311), Sidrolândia (1.887) e Terenos (315).

A distribuição por municípios foi deliberada pelo Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS) e pactuada na Comissão Intergestores Bipartite da Assistência Social (CIB). Ela considera o número de pessoas mais vulneráveis em situação de extrema pobreza, de acordo com CadÚnico (Cadastro Único); o tamanho do Município; e a presença de população indígena no território conforme dados do IBGE 2010 e do Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul.

Para a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul foram destinados 1,5 mil unidades, que serão usadas em atendimentos específicos por meio do órgão, que muitas vezes alcança localidades de difícil acesso. Os cobertores são de casal, 100% poliéster, e foram adquiridos com recursos oriundos do FIS (Fundo de Investimento Social), por meio da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho). O investimento foi de R$ 3,235 milhões.

Além da compra de cobertores, o Governo do Estado também arrecada e distribui mantas, agasalhos, luvas, cachecóis, camisas, meias, sapatos e outros itens de inverno novos ou em bom estado de conservação por meio da Campanha do Agasalho dos Servidores Públicos “Aqueça Uma Vida”.