anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 16 de agosto de 2022

Beba água: 45 cidades de Mato Grosso do Sul estão em alerta de baixa umidade do ar

Inmet renovou alerta de perigo em potencial por baixa umidade do ar no Estado.
06/07/2022 às 13:50
Midiamax, Karina Campos
(Reprodução/Inmet )

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um novo alerta de baixa umidade relativa do ar em Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira (6), 45 cidades do Estado enfrentam a atuação de uma massa de ar seco, que derruba a umidade entre 20 a 30%.

O aviso de grau de severidade amarelo, com início às 11h e término às 19h, índice preocupação com risco de incêndios florestais e à saúde.

Água Clara, Alcinópolis, Anastácio, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Inocência, Jaraguari, Ladário, Maracaju, Miranda, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Paranaíba, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, Terenos e Três Lagoas.

A previsão do tempo para esta quarta-feira (6) é de mais um dia seco e com muito sol em Mato Grosso do Sul. Segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), não há previsão de chuvas. O céu ficará aberto e com poucas nuvens devido a atuação de uma massa de ar seco e quente.

O ar seco faz com que as temperaturas fiquem mais amenas durante a noite/madrugada e ao amanhecer porém a temperatura sobe rapidamente durante o dia. As mínimas esperadas estão entre 12 e 17°C. Já as máximas serão de até 33ºC.

Recomendação para baixa umidade do ar

  • Beba bastante líquido.
  • Evite desgaste físico nas horas mais secas.
  • Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Continue lendo