anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 25 de junho de 2022

Agems determina melhorias da operadora no atendimento do transporte em Anaurilândia

As questões estão sendo avaliadas pela Diretoria de Transportes para a definição dos ajustes que garantam a boa prestação do serviço aos passageiros.
23/06/2022 às 16:06
da Redação, Gizele Oliveira
(Divulgação )

Atenta às necessidades de melhoria constante no sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agems) recebeu, por meio de vereadores, demandas sobre o atendimento em Anaurilândia, no leste do estado. As questões apontadas estão sendo avaliadas pela Diretoria de Transportes para a definição dos ajustes que garantam a boa prestação do serviço aos passageiros. As primeiras providências já foram tomadas.

“Recebemos em Campo Grande representantes da Câmara Municipal, e nossa equipe foi in loco entender os problemas apontados. Essas informações serão importantes para definirmos o que é preciso para corrigir problemas e melhorar o atendimento dos operadores”, explica o diretor Matias Gonsales. “Ao mesmo tempo, já estamos tratando com a principal empresa dessa linha, a Viação Mota, sobre ajustes necessários, como a readequação do esquema operacional, que foi alterado durante a pandemia”.

Nesta semana, técnicos da Câmara Técnica de Fiscalização de Transportes participaram de reuniões com os vereadores do município Jorge Santana, presidente da Câmara, Maria Aparecida Silva, Robinson Ferraz, Daniel Silva e Rafael Gusmão. Colheram detalhes a respeito das dificuldades enfrentadas por passageiros, especialmente dos moradores do distrito de Quebracho, visitaram o terminal rodoviário e checaram o atendimento da transportadora.

“Todos os dados levantados estão sendo informados à Diretoria para a tomada de decisão que beneficie os usuários”, assegurou o coordenador do núcleo de fiscalização, Hélio Leite da Silva Junior.

De acordo com o diretor-presidente da Agems, Carlos Alberto de Assis, ações como essa são importantes, especialmente agora que a Agência e o Governo do Estado estão finalizando o projeto do Marco Regulatório do transporte de passageiros.

“Com essa norma geral definida, será essencial nós conhecermos em detalhe a realidade de cada região, as dificuldades, o que funciona bem e o que precisa melhorar. Pretendemos construir um novo sistema de transporte realmente alinhado com o que o cidadão de Mato Grosso do Sul precisa.