anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 28 de junho de 2022

PMA de Campo Grande e Coxim autuam em R$ 3 mil pescador profissional por pesca predatória

O pescado foi apreendido e será doado para instituições filantrópicas.
20/06/2022 às 12:12
da Redação, Ednilson Paulino Queiroz
(Divulgação PMA )

Durante fiscalização ambiental visando à prevenção à pesca predatória na região dos Distritos da Silviolândia e São Romão na operação Corpus Christi, equipes da Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Coxim vistoriaram vários pesqueiros e autuaram no último sábado (18) às 14 horas, um pescador profissional por capturar pescado abaixo da medida permitida por lei.

O infrator de 58 anos, que é dono de um pesqueiro na região conhecida como “Quatro Pés” armazenava pescado ilegal. Em um freezer foram encontrados seis exemplares de pescado da espécie jaú e um exemplar da espécie curimbatá, medindo 29 centímetros, quando o tamanho mínimo de captura é de 38 centímetros para a espécie, que o pescador confessou tê-los capturado. Ele também não realizou a vistoria dos peixes na Polícia Militar Ambiental e não possuía a Guia de Comprovação de Origem (GCP) obrigatória. O pescado foi apreendido.

O infrator foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Coxim e poderá responder por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 2.920,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas.