anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 20 de agosto de 2022

Briga causada por cachorro termina com homem ferido a tiros em acampamento

Vítima teria investido com foice contra dono do animal e foi baleada pelo filho do morador.
05/08/2022 às 12:52
Campo Grande News, Helio de Freitas
(Divulgação )

Wesley Henrique dos Santos Gomes está internado em estado grave depois de ser ferido a tiros na noite desta quinta-feira (04) em Rio Brilhante. A briga começou após o cachorro do vizinho derrubar Wesley da bicicleta.

Irritado, ele se armou com uma foice e investiu contra o dono do animal, mas um dos filhos do morador saiu em defesa do pai e atirou várias vezes em Wesley.

Transferido em “vaga zero”, ele está no Hospital da Vida, em Dourados, sob custódia da Polícia Militar, pois era foragido da Justiça. O autor dos tiros, identificado como Luiz Felipe dos Santos Silva, ainda não foi localizado.

Conforme a ocorrência registrada na Polícia Civil, a tentativa de homicídio ocorreu em acampamento de trabalhadores sem-terra no prolongamento da Avenida Benjamin Constant, na saída de Rio Brilhante para Dourados.

A Polícia Militar foi avisada do caso pelo irmão de Luiz Felipe. Ele disse que a pessoa ferida pelo irmão estava caída em frente à casa de seu pai, na travessa da estrada da fazenda Cadeado.

Com ferimentos na barriga e no ombro, Wesley foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao hospital da cidade. Devido à gravidade, foi transferido para Dourados.

O pai do autor dos tiros contou aos PMs que Wesley passava de bicicleta pelo local quando o cachorro foi na direção dele latindo, derrubando o ciclista no chão. Após breve discussão, Wesley deixou o local.

Entretanto, minutos depois ele voltou com uma foice na mão e teria avançado na direção do morador. Armado com revólver calibre 38, Luiz Felipe atirou em Wesley e fugiu a pé.

Autorizados pelo pai do autor dos tiros, os policiais fizeram varredura no quarto de Luiz Felipe e encontraram sete estojos deflagrados de munição calibre 38. A PM fez rondas pela região, mas não conseguiu localizar o rapaz.

Durante checagem no banco de dados, a PM descobriu que Wesley estava com prisão preventiva decretada por furto. Por isso ele segue internado sob escolta e assim que tiver alta será levado para a prisão.

Continue lendo