Com investimento de mais de R$ 412,5 milhões, Rota do Saneamento segue a caminho da universalização

A Sanesul fará 43 anos em janeiro, coroada como integrante de um ranking invejável entre as melhores companhias de saneamento do país.

27/12/2021 às 11:33 | da Redação

A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) fará 43 anos em janeiro, coroada como integrante de um ranking invejável entre as melhores companhias de saneamento do país, mas quem tem bons motivos para comemorar é a população dos municípios nos quais a empresa mantém a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, onde os investimentos no setor totalizam R$ 412,5 milhões.

Os valores aplicados são referentes a julho deste ano até agora e incluem investimentos em um amplo cronograma de entrega de obras que vai da simples ligação de rede de água em uma residência à construção de uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto).

Vinculada ao Governo do Estado, a Sanesul está presente na vida de 1,7 milhões de sul-mato-grossenses em 68 municípios, distribuindo cerca de 11 bilhões de litros de água tratada por mês, levando melhor qualidade de vida à população, preservação ambiental e uma série de fatores que de certa forma contribui para o crescimento socioeconômico de cada região. 

De julho para cá, o diretor-presidente Walter Carneiro Júnior e os demais diretores da empresa - Helianey Paulo da Silva (Engenharia e Meio Ambiente), André Luis Soukef Oliveira (Administração e Finanças) e Onofre Assis de Souza (Comercial e de Operações) - percorreram 41 municípios, inaugurando obras, assinando ordens de serviços, novas licitações públicas e anunciando novos investimentos programados para 2022.

Tudo isso faz parte da “Rota do Saneamento”, programa criado pela estatal, cujo objetivo é alcançar a meta da universalização do esgotamento sanitário em Mato Grosso do Sul, por determinação do governador Reinaldo Azambuja.

A maior parte dos investimentos nos municípios envolve recursos próprios da companhia como parte do programa Avançar Cidades, além de convênios com o governo federal.

Entre as maiores cidades, Três Lagoas recebeu investimento de mais de R$ 60 milhões e Dourados, outros 36 milhões, incluindo, entre outras, as obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto “Laranja Doce” em 40 litros por segundo, melhorias de eficiência para 80 litros por segundo.

Também como parte da Rota do Saneamento, o município de Ivinhema teve R$ 27.580.000,00 em obras, como melhorias na ETE, execução de rede de 91.820,02 de metros de rede coletora de esgoto, 5.249 ligações domiciliares de esgoto, construção de quatro elevatórias, entre outras obras complementares.

A direção da Sanesul organiza o calendário para 2022 para dar continuidade a essa meta histórica que é elevar Mato Grosso do Sul a condição de primeiro Estado da federação a antecipar o prazo estabelecido pelo Marco Legal do Saneamento Básico.

Walter Carneiro Júnior atesta que Sanesul está pautada por uma gestão altamente profissional e com foco em resultados dentro do planejamento visionário do governador Reinaldo Azambuja e do secretário de Estado de Infraestrutura e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel.

O dirigente reafirma o compromisso de iniciar 2022 com novas entregas, dando continuidade a agenda nos municípios onde a Rota do Saneamento se programou.  

“2021 foi um ano de entregas. A Sanesul tem um compromisso institucional com os nossos parceiros, que são os municípios, nos quais a empresa mantém a concessão dos serviços de água e esgoto. Recebemos a incumbência do governador Reinaldo Azambuja de levar melhor qualidade de vida e preservar a saúde da população com a responsabilidade, também, de proteger o meio ambiente. Com certeza, daremos continuidade a nossa agenda da Rota do Saneamento no ano que vem”, disse o dirigente.  

Nos últimos dois anos, a companhia bateu recorde de investimentos e com ações estratégicas ampliou o sistema de esgotamento sanitário, elevando a área de cobertura do serviço para 55% da população atendida.

A Rota do Saneamento já entregou obras nos municípios de Dois Irmãos do Buriti, Terenos, Miranda, Sonora, Coxim, Rio Verde de MT, Camapuã, Santa Rita do Pardo, Rio Negro, Amambai, Caarapó, Naviraí, Porto Esperança, Antônio João, Douradina, Itaporã, Angélica, Deodápolis, Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Inocência, Chapadão do Sul, Laguna Carapã, Juti, Paranhos, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante, Bonito, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Ladário, Dourados, Batayporã, Ivinhema, Japorã, Iguatemi, Mundo Novo, Anaurilândia, Bataguassu, Três Lagoas e Nova Andradina.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Variedade

O Idest utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.