Servidor do Hospital Regional é 3º enfermeiro a morrer de covid-19 em MS

Valdinei Pereira de Souza, de 43 anos, também atuava no CRS Coophavila.

06/08/2020 às 14:42 | CGNews

Aos 43 anos, Valdinei Pereira de Souza, é o terceiro enfermeiro a morrer por covid-19, em Mato Grosso do Sul. Ele era servidor do Centro de Referência de Saúde (CRS) do Coophavila e do Hospital Regional.

A situação dele era grave e colegas de profissão iniciaram ainda nesta quarta-feira as homenagens ao colega. No boletim para anunciar os dados do novo coronavírus, nesta quinta-feira, o secretário Geraldo Resende, falou da perda do servidor da saúde.

"Já anunciamos aqui médicos que morreram nessa batalha lá em Dourados, enfermeiros, profissionais da saúde. Que o exemplo dele, que perdeu a própria vida, sirva também para que a população ajude no combate a essa doença".

Valdinei tinha doença cardiovascular crônica e diabetes, segundo a informação levantada pelo Campo Grande News.

O Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (Coren-MS) havia se manifestado lamentando a perda e lembrando que, além de trabalhar diretamente no atendimento à população, Valdinei atuou como professor de um curso técnico em enfermagem e foi coordenador do Departamento de Fiscalização da entidade. Também tentou ingressar na política, pleiteando o cargo de deputado federal.

A morte precoce comoveu quem conhecia o enfermeiro. Nas redes sociais, colegas de profissão lembraram da dedicação do profissional.

“Ele marcou minha vida, pois aprendi muito com esse cara. Me ensinou a punção perfeita no estágio. Gratidão”, relembrou Adria Francelly.

Esta é a segunda morte de enfermeiro em Campo Grande. Uma terceira foi registrada no município de Corumbá.

De acordo com observatório da enfermagem, Mato Grosso do Sul registrou 230 casos confirmados de covid-19 entre enfermeiros.

Carregando comentários...
Notícias
Saúde