São Gabriel do Oeste passa para bandeira laranja e pode ter novo horário de toque de recolher

Ao todo 42 municípios do Estado mudaram de bandeira.

12/05/2021 às 13:14 | da Redação

São Gabriel do Oeste passou para bandeira laranja, o que representa grau médio de risco para contágio da covid-19, segundo avaliação do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir), atualizado nesta quarta-feira (12) pelo Governo de Mato Grosso do Sul referente a 18° semana epidemiológica e com vigência para o período de 13 a 26 de maio. 

De acordo com a nova avaliação, São Gabriel do Oeste e outros 43 municípios que estão na bandeira laranja poderão adotar toque de colher das 22h até às 5 horas da manhã.

Dos municípios da região norte, estão na bandeira vermelha, com grau alto de risco, Coxim, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso e Sonora. Já na bandeira laranja, que indica grau médio, além de São Gabriel do Oeste também estão Alcinópolis, Bandeirantes, Camapuã, Figueirão, e Paraíso das Águas.

No comparativo com o mapa do Prosseguir da semana anterior, 10 municípios regrediram de bandeira, 32 progrediram, e 37 permaneceram na mesma bandeira. Sendo assim, 42 cidades poderão ter o horário do toque de recolher modificado a partir de amanhã quando começam a vigorar os novos mapas. 

Diferente da semana anterior, que não tinha nenhum município classificado no grau de extremo risco, Guia Lopes da Laguna e Juti estão na bandeira cinza, em que apenas atividades essenciais são recomendadas. 

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo lembrou que a nova classificação dos municípios modifica o toque de recolher instituído pelo decreto n. 15.644. Nas cidades com classificação das bandeiras verde, amarela e laranja será mais flexível, das 22h até às 5 da manhã; os municípios de bandeira vermelha a partir das 21h; e na cinza, o toque de recolher deve acontecer das 20h até às 5 da manhã. 

“Sabemos que muita gente tem sido vacinada, muita gente tem sido curada da Covid, mas os protocolos precisam continuar sendo seguidos, uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento social são fundamentais”, reforçou o titular da Segov durante apresentação dos dados na live.  

O desempenho dos municípios em indicadores essenciais como a disponibilidade de leitos de UTI, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores, irá nortear a nova atualização do Programa Prosseguir que será no dia 26 de maio.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Saúde