Com baixa adesão dos pais, MS registra queda na imunização de crianças menores de dois anos

As vacinas imunobiológicos de rotina e especiais continuam sendo disponibilizadas normalmente nas Unidades de Saúde.

14/09/2020 às 10:15 | da Redação, Katiuscia Fernandes

A pandemia do coronavírus alterou a rotina de trabalho em todas as áreas, e principalmente na saúde. As quedas registradas nas coberturas vacinais são um bom exemplo. Em Mato Grosso do Sul os índices estão abaixo do esperado e as metas previstas pelo Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, não foram alcançadas.

A Gerente Técnica de Imunização, da SES, Ana Paula Rezende de Oliveira Goldfinger, explica que a falta de adesão dos pais à vacinação dos filhos ocorre devido ao receio do contágio do Covid-19.

Ana Paula reforça que os profissionais de saúde estão preparados para receber a população, adotando todas as medidas de segurança necessárias.

As vacinas imunobiológicos de rotina e especiais continuam sendo disponibilizadas normalmente nas Unidades Básicas de Saúde, Hospitais, Maternidades e no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie).

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Saúde