Sonora: Farmácia municipal completa um ano com problemas e falta de medicamentos

Imagem:

Falta até medicação usada para tratamento da Covid-19.

29/04/2021 às 09:33 | do Idest, Eder Pereira

Uma obra que deveria ajudar na agilidade de compra e fornecimento de medicamentos, vem causando transtornos a quem precisa do serviço em Sonora. Entre as piores falhas está a falta de medicamentos básicos como dipirona e de uso contínuo para hipertensos e diabéticos e os de uso no tratamento contra a Covid-19.

Na época da inauguração o prefeito da cidade, Enelto Ramos (MDB), frisou que a criação da farmácia municipal facilitaria a compra e a distribuição à população seria mais fácil, ágil e contínuo, mas o que se vê após um ano de funcionamento é totalmente diferente.

Hoje para conseguir a medicação, tanto da farmácia básica, quanto fora da lista de medicamento impostas pelo SUS, as pessoas precisam ir até o prédio algumas vezes até conseguir o medicamento, quando tem disponível.

Câmara Municipal

O problema foi tema de críticas por vereadores na última sessão ordinária, ocorrida na última segunda-feira (26). Fábio Sinuca (MDB) e Vera Dantas (DEM) comentaram em tribuna e confirmaram que foram cobrados sobre a situação.

Fabio pediu a assessoria jurídica da Câmara que seja encaminhado um ofício ao prefeito pedindo explicações sobre os problemas, que segundo ele, já vem acontecendo há algum tempo.

Já Vera, disse que recebeu questionamentos de usuários do serviço e já pediu explicações, recebendo resposta de que em 15 dias o serviço se normalizaria.

“Um absurdo isso, medicamento é item básico e essencial, ainda mais para tratamento da Covid-19. Quero respostas e rápidas ou então teremos que buscar junto ao Ministério Público e quem quer que seja, o que não pode é a população ficar sem atendimento. O prefeito anunciou que tem milhões em caixa e deixa acontecer isso, ou é falta de respeito ou de gestão”, concluiu Fábio.

A Farmácia Municipal fica localizada na Rua Ururau, 262, próxima a prefeitura e igreja matriz Nossa Senhora Aparecida.

Carregando comentários...
Notícias
Política