Polícia Militar Ambiental de Coxim resgata garça presa em anzol de galho no rio Taquari

É a segunda que a PMA resgata em dois dias.

08/09/2021 às 09:54 | da Redação

Policiais Militares Ambientais de Coxim, que trabalham na operação Hot Point, de proteção aos recursos pesqueiros resgataram na segunda-feira (06) uma ave silvestre da espécie garça-branca-grande (Ardea alba) presa em um anzol de galho. O resgate ocorreu durante fiscalização no rio Taquari, no município, na região conhecida como Barranco Vermelho, a 15 km da cidade, quando a equipe percebeu o animal enroscado ao anzol.

Felizmente, quando a garça foi comer a isca do anzol de galho (petrecho proibido para a pesca) enroscou apenas uma das patas e o tronco na linha e o anzol não a atingiu. Além disso, fazia pouco tempo que havia acontecido o fato quando os Policiais chegaram, pois se houvesse um tempo maior o animal não conseguiria resistir ao cansaço, pois a linha não chegava até a á área de terra. Os Policiais desenroscaram a linha do bicho e a levaram até à margem do rio. Como não havia ferimentos, a garça foi solta.

Outro caso

No domingo (05), Policiais Militares Ambientais de Naviraí, que trabalham na operação Hot Point, também resgaram uma ave silvestre da espécie garça-real-europeia (Ardea cinerea) presa em um anzol de galho no rio Amambai no município, a 50 km da cidade. A equipe calculou que a ave deveria estar presa há cerca de três a quatro dias, pois, tanto a língua como o bico já estavam em estado de putrefação e o animal estava extremamente debilitado. O estado era gravíssimo e os Policiais encaminharam a garça urgentemente para à fazenda Green Farm CO2 Free, localizada no município de Itaquiraí, a qual possui estrutura adequada para recebimento e atendimento médico veterinário de animais silvestres.

 

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Policial

O Idest utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.