Morador de Rio Negro é multado em R$ 1,2 mil por incêndio em terreno no centro da cidade

Proprietário do terreno negou ser o autor do fogo. Conforme dados da PMA, já são 40 atuados por incêndios urbanos em dois meses de operação Prolepse.

29/05/2021 às 09:18 | da Redação

Um morador de Rio Negro, de 34 anos, foi autuado e multado em R$ 1,2 mil, após vizinhos denunciarem à Polícia Militar Ambiental (PMA) sobre incêndio em terreno baldio, que emitia muita fumaça causando transtornos à vizinhança, na noite da última quinta-feira (27).

Conforme informações da PMA, após serem acionados os policiais foram ao local e autuaram o proprietário do terreno. Em contato com a redação do Idest, o proprietário negou ser o autor do incêndio e afirmou que estava em Campo Grande no dia do fato. 

A Polícia Militar Ambiental deflagrou no dia 22 de março a operação “Prolepse” de prevenção aos incêndios em Mato Grosso do Sul, com foco especial na região do Pantanal e, dentro dos trabalhos, os incêndios urbanos também são preocupantes e a sua prevenção e combate é uma das metas da operação. A grande vantagem é que, apesar de o foco da operação ser a informação e prevenção, a repressão funciona também como um fator de dissuasão às infrações e a população, depois de tomar conhecimento pela imprensa da operação da PMA, tem denunciado constantemente e várias pessoas têm sido autuadas. Até o momento, já foram 40 pessoas autuadas por incêndios urbanos nesses dois meses da operação.

Editada às 11h25 e 15h54 do dia 31 de maio de 2021 para acréscimo de informação.

Carregando comentários...
Notícias
Policial