Desentendimento em reforma de escola acaba com homem morto em Camapuã

Polícia Militar prendeu o principal suspeito do homicídio. Local está isolado aguardando chegada da Perícia Técnica que se desloca de Costa Rica.

28/08/2020 às 10:26 | do Idest, JWC

Um desentendimento na madrugada desta sexta-feira (28), por volta das 02 horas, acabou com Noilton Mendes Ribeiro, de 52 anos, morto na Escola Municipal Ernesto Solon Borges em Camapuã. O principal suspeito, Luiz Eduardo Gomes Gondim, de 26 anos, foi preso pela Polícia Militar.

De acordo com informações da PM, os envolvidos seriam funcionários de uma empreiteira contratada para realizar a reforma na escola. Eles estavam hospedados no prédio no qual prestam serviço e teriam tido uma desavença.

Após cometer o homicídio, o autor colocou o corpo da vítima numa caçamba de entulho, próximo ao local dos fatos. Ainda não há informações das causas da desavença e nem de como o crime foi cometido.

Caçamba de entulho onde o autor jogou o corpo da vítima.

A PM foi acionada por volta das 06 horas pelo pai de uma testemunha. Policiais militares isolaram o local e acionaram a Polícia Civil. A Perícia Técnica se desloca de Costa Rica para fazer os levantamentos necessários no local e apurar as causas da morte da vítima.

O suspeito foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para maiores esclarecimentos e providências previstas em lei. Nossa equipe acompanha o caso e divulgaremos novas informações assim que as autoridades realizarem devidos levantamentos.

 

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Policial