Alcinópolis: PMA autua assentado por exploração e armazenamento de madeira sem autorização ambiental

Infração foi constatada quando a PMA fazia patrulhamento ambiental terrestre na região do assentamento Santa Fé, no município de Alcinópolis.

03/07/2020 às 08:34 | da Redação

A Polícia Militar Ambiental tem encontrado diversas irregularidades nos assentamentos rurais no Estado, especialmente referente à exploração de madeira, inclusive, das reservas legais coletivas dos assentamentos e tem intensificado a fiscalização. Quando faziam patrulhamento ambiental terrestre na região do assentamento Santa Fé, no município de Alcinópolis, Policiais Militares Ambientais de Costa Rica constataram ontem (02), que o proprietário de um lote do assentamento armazenava madeira ilegal.

Os policiais apreenderam pranchas de madeira da espécie angico, que estavam armazenados no lote do assentado, sem o Documento de Origem Florestal (DOF). O DOF é o documento do órgão ambiental para se ter em depósito, beneficiar ou transportar qualquer produto florestal.

O infrator de 50 anos, residente em Alcinópolis, não informou de onde a madeira fora explorada, porém, os Policiais suspeitam que material lenhoso fora retirado da Reserva Legal coletiva (área protegida) do assentamento. Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 300,00 responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis a um ano de detenção.

Carregando comentários...
Notícias
Policial