MP deflagra operação que investiga compras de materiais de limpeza para escolas de MS

Foram apreendidos celulares, notebooks e documentos. De acordo com o órgão, os materiais serão analisados pela Promotoria de Justiça responsável pela investigação.

19/04/2021 às 16:23 | G1MS

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), juntamente ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), apuram suposta prática de fraude à licitação, peculato, corrupção e associação criminosa em uma licitação pública, realizado pela Secretaria de Estado de Educação (Sed), para a aquisição de materiais de limpeza para fornecimento à rede estadual de ensino.

A operação intitulada de, "Clean", foi deflagrada nesta segunda-feira (19). Seis mandatos de busca e apreensão foram expedidos em Campo Grande.

Foram apreendidos celulares, notebooks e documentos e de acordo com o órgão, eles serão analisados pela Promotoria de Justiça responsável pela investigação.

A investigação é conduzida pela 30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Capital, que apura os crimes fiscais de empresas vencedoras do pregão de número 145/2017.

Os mandados foram expedidos pela 3ª vara Criminal de Campo Grande e "tiveram como alvos as empresas vencedoras do pregão, seus proprietários e o procurador, além de servidor público que, à época, era encarregado do termo de referência para a deflagração do procedimento licitatório. Os contratos para o fornecimento dos produtos [de limpeza] foram assinados em 2018", destaca o MPMS em nota.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Ofertas