Programas esportivos de MS recebem R$ 1,64 milhão em emendas parlamentares

São Gabriel do Oeste está entre os municípios beneficiados com as emendas.

18/09/2020 às 09:55 | da Redação, Lucas Castro

Programas esportivos de Mato Grosso do Sul receberam R$ 1,64 milhão em emendas parlamentares estaduais. O pagamento, referente ao Orçamento de 2019, já foi realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), com fiscalização da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), mediante termo de cooperação técnica.

Os recursos foram solicitados por 13 deputados estaduais e serão empregados por organizações da sociedade civil (OSCs), como associações, clubes, federações, além de prefeituras municipais, por intermédio de suas secretarias de esporte, em reparos de instalações para treinamentos e competições, aquisição de materiais e equipamentos, e contratação de profissionais. 

Ao todo, são 25 emendas que atenderão entidades desportivas de 11 municípios sul-mato-grossenses: Campo Grande, Chapadão do Sul, Dourados, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia.

A Fundesporte foi contemplada com uma das emendas, no valor de R$ 90 mil. Com contrapartida de R$ 15 mil, a verba será utilizada para aquisição de veículo. Este atenderá demandas dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul, maior competição esportiva-estudantil do Estado, e do programa Lazer nas Cidades, da Unidade de Esporte de Participação e Lazer (Uepla), que fomenta e desenvolve a prática do lazer e da recreação. Em 2019, foram 174 eventos, 69 mil atendimentos diretos e 180 indiretos em 38 municípios.

Desde 2016, o Governo do Estado autoriza a destinação de emendas parlamentares para projetos esportivos. “Essa posição do governador Reinaldo Azambuja e dos deputados estaduais mostra a percepção clara de gestão de que o esporte é uma política pública essencial em Mato Grosso do Sul, e impacta diretamente em outros segmentos, como saúde, educação, assistência social e segurança pública”, afirma o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Esporte