Campeão sul-mato-grossense de futebol 2020 será conhecido nesta quarta-feira

A bola rola a partir das 20h30, no Estádio Municipal Mário Pinto de Souza (Noroeste), em Aquidauana.

23/12/2020 às 14:28 | da Redação, Lucas Castro

Vale a taça. Aquidauanense Futebol Clube e Esporte Clube Águia Negra decidem, nesta quarta-feira (23.12), o título do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional Série A 2020. A bola rola a partir das 20h30, no Estádio Municipal Mário Pinto de Souza (Noroeste), em Aquidauana. A competição tem o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio de sua Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).

Na partida de ida, realizada no Estádio Municipal Iliê Vidal (Ninho da Águia), em Rio Brilhante, no último domingo (20.12), as redes não balançaram. Por ter melhor campanha na fase classificatória, o Azulão da Princesa pode empatar novamente para conquistar seu primeiro título estadual, conforme regulamento da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

O técnico do Aquidauanense, Mauro Marino, no entanto, quer levantar a taça com uma vitória em casa. “Temos de fazer o nosso melhor jogo da temporada. Claro que a vantagem é uma "gordura" muito importante para a final, mas não vamos nos acomodar. Até mesmo porque do outro lado tem um adversário muito forte, que vem para o tudo ou nada, não tem nada a perder, só interessa o resultado positivo”.

Marino tem expressiva identificação com o clube pantaneiro e com a torcida, especialmente por ter acompanhado a trajetória do Azulão desde o acesso à elite do Estadual em 2018 até a chegada a mais uma decisão. Ele também foi treinador das categorias de base. O técnico esteve à frente da equipe alviceleste nas três finais disputadas até hoje (2011, 2019 e 2020).

Para ele, este é o momento mais importante de sua carreira. “Tenho muitos trabalhos realizados no clube, mas falta essa estrelinha na camisa do Aquidauanense e isso só aumenta a minha responsabilidade. Não é fácil. Tenho rodagem, experiência como treinador e já participei de outras finais, mas essa é a mais importante da minha vida, para falar bem a verdade. Sabemos do peso, da cobrança e da relevância desse título à história do clube, aos torcedores e à cidade”, relata o técnico.

Já o Águia Negra depende de uma vitória simples para ficar com o troféu. Esta é a quinta vez que a agremiação rio-brilhantense chega à final, ficando com o vice-campeonato apenas em 2014. No ano passado, inclusive, faturou o tricampeonato em cima do Aquidauanense.

O Rubro-Negro poderá se tornar, nesta noite, o primeiro clube do interior a ter quatro taças do Campeonato Sul-Mato-Grossense em seu memorial de conquistas (2007, 2012, 2019). Até hoje, somente Águia Negra e Ubiratan Esporte Clube, de Dourados, chegaram a três títulos.

Segundo o técnico Rodrigo Cascca, que comandou a equipe na campanha vitoriosa do ano passado, a possibilidade de atingir o tetracampeonato é um fator a mais de motivação para o duelo decisivo. “É um feito maravilhoso ser lembrado daqui a uns anos. Na verdade, é o ‘combustível’ da minha carreira e conquistar isso é fundamental não só para mim, mas para todos os atletas, clube e à história da cidade. Estamos muito focados nessa oportunidade que temos hoje”.

Em Aquidauana, o treinador paranaense promete colocar o time no campo ofensivo desde o minuto inicial. “O Águia sempre entrou para ganhar, somos um time que sempre joga para frente. O regulamento, claro, favorece o empate ao adversário, mas pela nossa característica de jogo vamos jogar para ganhar desde o começo do jogo”.

O Aquidauanense deve ir a campo com Jota na meta; Clayton Sales (Danilo Mohamed), Jaime, Mauro e Josivaldo “Jô”; Luis Felipe Alves, Elivelton “Lika”, Agnaldo e Luan; Keverson e Léo Mineiro.

Já o 11 inicial do Águia deve ser formado por Tafine no gol, Felipe Virgulino, Rafael Cardoso, Jonatan “Bahia” e Fabiano Silva (Rafael Franco); Jorginho, Pedro Henrique (Felipe), Marinho e Fernandinho; Jonathan Antenor “Preto” e Guilherme Feitoza.

Com portões fechados devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a partida de hoje no Noroeste será apitada por Paulo Henrique Schleich Vollkopf, com auxílio de Leandro dos Santos Ruberdo e Cicero Alessandro de Souza, além de Carlos Henrique Linhares Martins como quarto árbitro. O assessor de arbitragem será Antônio Flavio Alves.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Esporte