Prefeitura lança projeto Geladeira Literária e arrecada livros para estimular leitura em São Gabriel

A ideia é realizar a troca de livros e histórias, desenvolvendo o senso coletivo em cada cidadão.

04/08/2020 às 11:15 | da Assessoria

A Prefeitura Municipal de São Gabriel do Oeste, através do Departamento de Formação Continuada e Permanente, lança o projeto “Geladeira Literária: Ser Mais Leitor”, com objetivo de incentivar a leitura como mecanismo de buscar o desenvolvimento do pensamento e a promoção da cidadania.

A ideia é realizar a troca de livros e histórias, desenvolvendo o senso coletivo em cada cidadão. Dentro deste projeto, serão distribuídas 19 Geladeiras Literárias em pontos estratégicos da cidade, onde ficarão disponíveis para apreciação diversos livros que fazem parte da literatura nacional e que auxiliarão no incentivo à leitura. Dentre eles, sentiu-se a necessidade de resgatar a Cultura Sul-Mato-Grossense, Brasileira, por meio de livros de escritores locais, além de Gibis, livros infantis, poesias e livros de autoajuda.

Para o sucesso deste projeto, o Departamento de Formação Continuada ressalta a importância da participação de toda população e pede a colaboração dos moradores. Um espaço foi reservado na Prefeitura para recebimento de livros, revistas e outras ferramentas de leitura que esteja em desuso nas residências, para dar início ao projeto.

“Conhecimento deve ser partilhado, por isso, pedimos a colaboração de todos os moradores. As geladeiras já estão prontas para receber os exemplares e darmos o pontapé inicial ao projeto. Colaborem e ajudem nessa disseminação do conhecimento em nossa cidade”, pontuou o Prefeito Jeferson Tomazoni.

Ao fim de cada leitura, o projeto estimula a devolução do livro para que outros leitores tenham acesso, bem como a doação de outros títulos em bom estado de conservação. Para mais informações, os interessados em colaborar com o projeto podem entrar em contato com a servidora Lourdes Bresolin Pitchenin, pelo telefone (67) 99920-1725. Nesse contato também pode ser agendado horário para que a Prefeitura busque as doações.

Carregando comentários...
Notícias
Educação