Ex-prefeito e ex-deputado estadual, Humberto Teixeira morre por complicações da Covid

Irmão do deputado Zé Teixeira estava internado em hospital de Dourados

21/01/2021 às 11:15 | correio do Estado

O ex-prefeito de Dourados e ex-deputado estadual de Mato Grosso do Sul, Humberto Teixeira, morreu por complicações da Covid-19, nesta quinta-feira (21).

Teixeira tinha 82 anos e estava internado no Hospital Evangélico de Dourados. Ele era irmão do deputado estadual Zé Teixeira (DEM).

Nas redes sociais, Zé Teixeira comunicou e lamentou o falecimento do irmão.

“Desde quando chegou em Dourados, em 1960, meu irmão contribuiu para o desenvolvimento de nossa cidade e do Mato Grosso do Sul. Peço a Deus que nos conforte neste momento tão difícil, postou no Facebook.

Produtor rural, Humberto Teixeira nasceu em Guananbi (BA) e chegou a Dourados na década de 1960.

Ele foi prefeito do município de 1993 a 1996, foi deputado estadual em 1990 e também candidato a vice-governador em 1998, na chapa de Ricardo Bacha.

Teixeira será velado das 13h às 15h. Conforme informações, ele foi diagnosticado com Covid-19 há quase um mês e, segundo laudo do hospital, já havia passado o período de transmissão da doença, sendo portanto permitido o velório dentro das medidas de biossegurança determinadas.

Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende também usou as redes sociais para emitir pesar pela morte do ex-prefeito.

Foi um amigo, uma pessoa com quem convivi no meu mandato de vereador em Dourados, e que deixou marcas positivas em sua administração. Que descanse em paz e que sua morte não seja em vão, a mostrar as pessoas a tragédia que é a Covid-19, disse no Instagram.

Covid

De acordo com o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde, dessa quarta-feira (20), 2.723 pessoas já morreram de Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Casos confirmados somam 153.057 desde o início da pandemia, com 136.971 recuperados, 540 internados e 12.823 em isolamento domiciliar.

Ontem, governador Reinaldo Azambuja (PSDB) pediu que, mesmo com o início da vacinação, a população continue seguindo as medidas de biossegurança, como uso de máscaras, distanciamento social e regras de higiene.

Vamos continuar nos cuidando para que possamos todos juntos vencer essa etapa difícil, disse, ao afirmar que a situação só irá melhorar, de fato, quando a cobertura vacinal atingir toda a população.

Estamos muito empenhados, os governadores do Brasil, para que ocorra a liberação de outro lote de vacinas que está no Butantan. Queremos ampliar o leque de distribuição. Enquanto isso, é importante permanecermos vigilantes, usando máscaras e tendo os cuidados de higiene, completou.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Cidades