Em parceria com Detran, Prefeitura inicia estudo de engenharia de trânsito em São Gabriel

O estudo de engenharia de trânsito que se encarrega da tarefa de planejar como o deslocamento de veículos e de pessoas deve funcionar em determinadas localidades.

14/04/2021 às 14:54 | da Assessoria

A Prefeitura Municipal de São Gabriel do Oeste, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul, iniciou nesta terça-feira (13), um estudo de engenharia de trânsito para o município. A medida atende pedido do prefeito Jeferson Tomazoni encaminhado ao presidente do órgão, Rudel Trindade, no ano passado.

O estudo é primordial para dar prosseguimento às ações da Agência Municipal de Trânsito, criada com a promulgação da Lei de Municipalização do Trânsito. O engenheiro civil e gestor de atividades gerais do trânsito do Detran-MS, Lucio Adeur Xarao Jorge, veio até São Gabriel do Oeste para iniciar a avaliação.

Foto: Divulgação Assessoria Prefeitura

A reunião contou com a participação da engenheira e coordenadora da Agência Municipal de Trânsito, Suzana Paula Ramos Nogueira, do vice-prefeito, Valdecir Malacarne e do secretário municipal de Infraestrutura e Trânsito, Eris de Oliveira Barbosa. Eles analisaram o contexto geral de trafegabilidades do município e depois seguiram para um levantamento em pontos estratégicos para elaborar o estudo.

De acordo com Suzana, o estudo de engenharia de trânsito que se encarrega da tarefa de planejar como o deslocamento de veículos e de pessoas deve funcionar em determinadas localidades. “A mobilidade urbana é caracterizada pela forma como a população se desloca dentro da área urbana. É uma questão que deve ser pensada para o desenvolvimento de fatores que propiciem à população um deslocamento fluido e seguro”, explicou.

Foto: Divulgação Assessoria Prefeitura

O estudo servirá de base para o desenvolvimento de diretrizes governamentais voltadas ao planejamento de ações para o trânsito. O planejamento consiste na ação de sistematizar o funcionamento do tráfego, de modo que o fluxo da circulação de veículos (moto, carro, ônibus etc.) e de pessoas aconteça de maneira segura, ágil e fluente. Através do estudo, será possível aplicar de forma mais eficiente as sinalizações nas vias ou redutores de velocidade, por exemplo.  

Carregando comentários...
Notícias
Cidades