Sistema online desenvolvido visa controlar trânsito de animais em Mato Grosso do Sul

Desenvolvido pela Iagro, sistema fará cadastro de veículos, motoristas e outros para monitorar transporte.

04/08/2020 às 07:58 | da Redação, Priscila Perez

Cumprindo com o cronograma de ações do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) está desenvolvendo um sistema de cadastramento de veículos, motoristas e carrocerias, para ter controle total do trânsito de animais no Estado.

Mato Grosso do Sul prevê retirar a obrigatoriedade da vacina contra a febre aftosa em 2021 e, para isso, tem tomado uma série de medidas no âmbito da vigilância sanitária para contribuir para que o país seja considerado zona libre de febre aftosa sem vacinação. O status gera benefícios comerciais e sanitários ao Brasil.

O sistema foi apresentado ao secretário Jaime Verruck, titular da Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), que validou o projeto. O próximo passo para a implantação é a publicação de uma portaria que vai estabelecer como o sistema irá funcionar.

“Criamos dentro da Iagro uma estrutura de inteligência para fazer todo o acompanhamento da vigilância sanitária no Estado. Esse projeto também está alinhado com a proposta do MS Digital, de criar serviços inteligentes para atender a população”, destaca o secretário Jaime Verrck.

Presidente da Iagro, Daniel Ingold ressalta que a iniciativa visa rastrear todo o transporte de animais no Estado, cumprindo com o que é definido pelo cronograma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Futuramente esse sistema será atrelados à GTA (Guia de Trânsito Animal) para controle efetivo do trânsito de animais e o mapeamento de todo o Estado”.

Carregando comentários...
Notícias
Agronegócio