Planejamento e parcerias são destaques na gestão do Sindicato Rural, aponta Renê Miranda

Produtor rural permanece como vice-presidente na diretoria que toma posse no dia 19 de novembro e destacou as principais ações da atual diretoria.

16/11/2021 às 15:30 | do Idest, JWC

Com atenção especial ao planejamento e as parcerias com empresas, instituições, entidades dos variados segmentos produtivos de São Gabriel do Oeste e poder público, o produtor rural Renê Miranda destacou em entrevista ao Idest nesta terça-feira (16), as principais ações da gestão que encerra nesta semana e o planejamento para o próximo mandato.

Renê é o atual vice-presidente no Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste e permanecerá no mesmo cargo na gestão que inicia nesta semana, tendo como presidente José Rohr.

“Quando decidimos pegar o desafio de estar junto a nossa diretoria, com o Vilson, Alcir e Carlos Rotili, era justamente para criar uma estrutura mínima no parque de exposições, que tivesse condições de realizar qualquer tipo de evento. Graças a Deus, apesar da pandemia, nós construímos este legado dentro desta gestão”, avaliou Renê, destacando também o apoio fundamental da Prefeitura Municipal, através do prefeito Jeferson Tomazoni para a finalização das obras de um dos pavilhões de eventos.

“Sempre procuramos trabalhar próximos da Prefeitura Municipal e da Câmara Municipal, sem interferência político-partidária, sempre deixando claro que nosso projeto é voltado para o desenvolvimento econômico e social da região”, destacou Renê Miranda sobre a parceria com o poder público.

Outra ação destacada pelo produtor foi a realização da Feira da Região Norte do Estado de Mato Grosso do Sul (Agripesi). Renê destacou que os estudos para o evento iniciaram em 2017, porém, devido a falta de estrutura mínima para a realização do mesmo, o planejamento passou para 2019.

“Uma parceria do Sindicato Rural com a iniciativa privada, associações e entidades, nós conseguimos realizar a primeira Agripesi em junho de 2019. Essa feira nasceu da iniciativa privada com o objetivo da realização de negócios, promover a integração entre as atividades econômicas do município de São Gabriel do Oeste, interação entre os municípios da região norte de Mato Grosso do Sul, fomentando o desenvolvimento econômico e social e transformando São Gabriel do Oeste em polo de difusão de tecnologia e genética para toda região”, disse Renê.

Conforme o produtor, outro ponto de destaque da Agripesi foi a atenção com a agricultura familiar. “O objetivo seria trazer para dentro da feira a agricultura familiar de toda a região norte, para conseguirmos mostrar os seus produtos e inseri-la dentro do contexto econômico da região. Nós estamos muito empenhados através da Agripesi em construir uma logística reversa para que estes produtos da agricultura familiar da região norte cheguem até os grandes centros”, explicou Renê.

A interação da diretoria foi outro ponto de destaque por parte do vice-presidente. “A partir do momento que decidimos participar desta gestão, era com o objetivo de marcar uma nova era e criar um novo conceito dentro do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste [...], decidimos gerir o Sindicato Rural como empresa, a nossa gestão foi como uma empresa, tínhamos fluxo de caixa, balanço mensal em cima de uma previsão orçamentaria que foi estabelecida no início de nossa gestão”, disse Renê.

O produtor também destacou um objetivo não concluído, porém, ainda dentro do planejamento, que é a mudança da sede administrativa do Sindicato Rural para o Parque de Exposições. Renê explicou que a queda na receita devido a desobrigação da contribuição sindical foi o principal fator, mas destacou que uma parceria com empresas vai viabilizar a transferência, caso os associados achem necessária.

“Dentro desse cenário destacamos três pontos relevantes para poder gerar uma situação de conforto e executar a nossa quarta meta, que era levar para dentro do Parque de Exposições as empresas e produtores rurais. Gostaríamos no início da nossa gestão dar à estas empresas uma estrutura para que elas conseguissem expor e mostrar seus produtos, seja através de campo de demonstração, de canteiro de plantio ou de exposição de máquinas, equipamentos e implementos. E o produtor rural sentir que dentro daquela estrutura, ele teria condições de estar presente com a sua família, inclusive, para fazermos um processo de sucessão familiar dentro do Sindicato Rural também”, explicou.

Nova diretoria

Questionado sobre a nova diretoria, Renê destacou que o objetivo é dar continuidade e efetivar os projetos planejados e não executados ainda.

Entre estes, inicialmente intitulado “Fazendinha”, é um projeto que tem o objetivo de mudar o conceito de divulgação e comercialização da carne bovina, visando a saúde e sustentabilidade. “Pesquisas cientificas mostram que o que o capim sequestra de carbono é muito mais do que o boi emite, então, na realidade a pecuária bovina de corte brasileira, ela deixa um crédito muito grande, ao invés do déficit que o mundo está querendo atribuir a nós, temos é um crédito através do sequestro de carbono destas pastagens. Este projeto terá como base animais da raça zebuína, que tem a gordura localizada, queremos mostrar para o mundo também, que esta carne, além de ser saborosa, ela pode ser macia, suculenta e não prejudicar a saúde”, disse Renê.

Entre as ações projetadas está o “Tour pelo Parque”, com o objetivo de mostrar para a população todo o segmento produtivo de São Gabriel do Oeste dentro do Parque de Exposições. Outra ação realizar o tour em parceria com as escolas.

“Onde gostaríamos de levar as crianças para fazer o Tour pelo Parque, conhecer todo o seguimento produtivo para poder exaltar o trabalho do pai e da mãe e mostrar para esta criança o que significa aquela atividade e o contexto econômico e social da vida dele, dentro da casa dele, a forma que aquilo impacta de forma negativa ou positiva, para construirmos essa campanha educativa e o cidadão urbano valorizar um pouco mais as atividades ligadas ao meio rural”, explicou Renê.

Posse

A solenidade de posse da nova diretoria acontece na próxima sexta-feira (19).

A diretoria é formada por José Rohr (presidente), Rene Miranda (vice-presidente), Claudir José Balzan (secretário) e Alcir Eibel (tesoureiro).

Carregando comentários...
Notícias
Agronegócio

O Idest utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.