anunciante ads patrocinio

Mato Grosso do Sul, 20 de agosto de 2022

Governo contempla 384 atletas e técnicos com bolsas de incentivo por 12 meses

Serão mais de R$ 333 mil distribuídos mensalmente entre os atletas e R$ 4,2 milhões somando os 12 meses.
05/08/2022 às 09:37
Campo Grande News, Jhefferson Gamarra
(Kisie Ainoã/ Campo Grande News)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou nesta quinta-feira (04), no auditório da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), os contratos de bolsas a 346 atletas e 38 técnicos de diversas modalidades que representam Mato Grosso do Sul em disputas nacionais e internacionais.

A partir do mês que vem os atletas e técnicos selecionados serão contemplados com auxílios financeiros que variam de R$ 500 a R$ 1.500, pelo período de 12 meses. As bolsas foram divididas por categorias: estudantil, universitário, nacional e nacional paraolímpico, máster, pódio complementar, pódio complementar paraolímpico, internacional e técnico I e II.

Durante a cerimônia de assinatura, o governador Reinaldo Azambuja destacou a evolução do programa que começou em 2015 com apenas 65 contemplados e agora, passados 7 anos, sextuplicou o número de beneficiários.

"Quando você constrói políticas públicas sólidas e com alicerces firmes, mesmo mudando de governo a própria política construída exige continuidade. E o que nós construímos para o esporte é algo sólido, tem organização em todas as federações e modalidades e estão presentes todos os 79 municípios. A árvore que nos plantamos é uma árvore frutífera e estamos colhendo frutos em todos os seguimentos. Esse legado ficará para sempre”, destacou o governador.

Contemplada na categoria estudantil, a judoca paraolímpica Larissa Barros de Oliveira, 16 anos, que em maio conquistou medalha de prata no Gymnasiade, maior competição escolar do mundo, disputada na França, fez questão de frisar a importância do programa.

“Temos diversos gastos com equipamentos para treinamento, alimentação que é regrada. Esse incentivo vem contribuindo para esses gastos, portanto só tenho a agradecer por esse investimento financeiro concedido aos atletas", disse a atleta.

Aos 60 anos, a atleta de luta de braço Chris Regiane será contemplada com bolsa na categoria internacional. A lutadora é famosa pelas caras e bocas e por seu jeito extrovertido, destacou a importância dos incentivos concedidos não só para a formação de um atleta, mas sim para a formação de cidadãos.

“Agora não vou mais chorar por ajuda de 50 e 100 reais. Já fiz empréstimos de 12 mil reais para participar de competições e agora estou pagando juros. Essa bolsa vai ajudar muito e além da bolsa eles ajudam com alimentação, passagem e hotel. O esporte é muito mais do que o desenvolvimento da capacidade motora e conquista de medalhas, o esporte é uma maneira de inclusão social e formação de cidadãos", enalteceu a atleta que começou na modalidade aos 40 anos.

A atual edição é a maior já concedida no Estado. Ao todo serão R$ 333.600,00 distribuídos mensalmente entre os atletas e R$ 4,2 milhões somando-se todos os 12 meses. Os pagamentos são depositados na conta dos atletas e técnicos no mesmo dia do pagamento da folha dos servidores estaduais.

“Não desprezamos nenhum tipo de atleta ou modalidade. Conseguimos avançar no que está hoje, sendo 384 bolsas entregues. A bolsa atleta e técnico são alguns dos pilares do esporte que vem contemplar todo um  planejamento feito para o desporto de Mato Grosso do Sul”, explicou Silvio Lobo, diretor-presidente da Fundesporte.

Os recursos para os pagamentos são oriundo do FIE/MS (Fundo de Investimentos Esportivos). Confira a quantidade e valores divididos por categoria:

  • Estudantil (125 bolsas de R$ 500);
  • Universitário (16 de R$ 950);
  • Nacional (139 de R$ 950);
  • Nacional Paralímpico (30 de R$ 950);
  • Máster (15 de R$ 950);
  • Pódio Complementar (11 de R$ 1,2 mil);
  • Pódio Complementar Paralímpico (11 de R$ 1,2 mil);
  • Internacional (6 de R$ 1,2 mil );
  • Técnico I (19 bolsas de R$ 1 mil)Técnico II (19 de R$ 1,5 mil).

Continue lendo