Tratamento com Equoterapia passa a ser realidade em São Gabriel

Projeto iniciou suas atividades no último dia 1°, oferecendo um tratamento gratuito a pessoas portadores de necessidades especiais.

09/06/2015 às 09:22 | do Idest, Suzana Vanessa
Está funcionando desde o último dia 1° deste mês em São Gabriel do Oeste, o Centro de Equoterapia Nova Esperança, um projeto social de realização do Clube de Laço Liberatto Maffissoni, em parceria com a Prefeitura Municipal e do vereador Guinter Maffissoni Guimarães (PR), que tem por objetivo atender pessoas portadoras de algum tipo de necessidade, através de um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento físico, psíquico e cognitivo.

Instalado no Clube de Laço Liberatto Maffissoni, o projeto iniciou suas atividades com o atendimento gratuito de cerca de 20 praticantes dentre alunos da Apae e particulares, que são acompanhados durante os tratamentos por uma profissional fisioterapeuta, uma psicóloga, uma pedagoga e um guia. A Equoterapia destina-se a pessoas com lesões neurológicas; lesões ortopédicas; disfunções sensório-perceptivas e portadores de necessidades especiais com distúrbios: evolutivos; comportamentais; de aprendizagem e emocionais.

Para o tratamento com a Equoterapia, os interessados devem apresentar um laudo médico especificando suas necessidades. A idade mínima para atendimento no centro é de três anos. Para maiores informações, os interessados podem visitar o centro, que está com suas portas abertas com o funcionamento de segunda a sexta-feira, das 07h às 11 horas e das 13h às 17 horas. O telefone para contato é o 67.9620.6060, com Tatiani Di Domenico, fisioterapeuta e coordenadora do projeto.

“A prioridade do projeto é de atender São Gabriel do Oeste, mas podemos futuramente abranger também outras cidades, atendendo a quem precisa através desse método que ajuda muito no desenvolvimento dos praticantes”. Comentou o padrinho do projeto Guinter Maffissoni.

Conheça mais sobre a Equoterapia e seus benefícios:

Promovendo benefícios físicos, psíquicos, educativos e sociais aos portadores de deficiência físicas e mentais, a prática da Equoterapia é indicada para diversos casos como: paralisia cerebral, acidentes vasculares, trauma crânio-encefálicos, formas psiquiátricas de psicoses, autismo, síndrome de Down, síndrome de West, dependência química, estresse, depressões, hiperatividade, dificuldade de aprendizagem, timidez, falta de coordenação motora, alguns problemas ortopédicos e posturais, distúrbios visuais e fonoaudiólogos, dentre outros.

A principal contribuição da Equoterapia é a reeducação e a reabilitação física e emocional, pois essa pratica potencializa a capacidade de ação e reação do praticante, trazendo sentimentos de independência, liberdade e prazer.

O papel do cavalo nesse tratamento é o instrumento terapêutico, sendo utilizado como base nos benefícios de seus movimentos naturais transmitindo ao praticante um movimento tridimensional, representado por três valores de força, sendo eles: vetor para cima e baixo, vetor para frente e para trás e vetor de um lado para outro. Esse fator provoca um deslocamento na pelve do praticante como rotação estimada de oito graus e que equivale ao deslocamento sofrido pele pelve humana durante a marcha a pé.

O movimento rítmico estimula o metabolismo, regula o tônus muscular e melhora o sistema cardiovascular e respiratório. A mudança de equilíbrio constante estimula o sistema vestibular e solicita uma adaptação incessante do próprio equilíbrio, fortalecendo a musculatura e proporcionando coordenação motora, noção de lateralidade, esquema corporal e orientação espaço-temporal. A docilidade e o contato com o cavalo, juntamente com a equipe interdisciplinar desenvolve a calma do praticante e também a comunicação e linguagem, favorecendo a integração pessoal e social.

Carregando comentários...
Notícias
Variedade