MS tem opções de lazer e turismo para todos os gostos neste feriado

Vitória régia no Pantanal: atração na Serra do Amolar, em Corumbá.
Imagem: Sílvio Andrade

A rota Norte também é Pantanal, com uma paisagem diferenciada pela formação geológica milenar.

11/10/2017 às 07:25 | da Redação

Feriado prolongado combina com viagens curtas em família e Mato Grosso do Sul tem todas as opções para curtir dias inesquecíveis à beira de rios, passeios para contemplação da natureza, aventuras por penhascos, cachoeiras e trilhas e vivência de fatos históricos do Brasil marcados por episódios militares e monumentos e fortificações.

Recentemente, a Fundação de Turismo do Estado (Fundtur) definiu o novo mapa turístico, que passa a contar com 47 dos 79 municípios, distribuídos em nove regiões. Dezessete municípios estão nas categorias A, B e C, ou seja: concentram o fluxo de turistas domésticos e internacionais. Como exemplo, Bonito, Campo Grande, Corumbá, Dourados e Ponta Porã.

Os demais 30 municípios figuram nas categorias D e E. Esses destinos não possuem fluxo de visitação nacional e internacional expressivo, no entanto alguns têm papel importante no fluxo turístico regional, como Coxim. Este paraíso das águas foi eleito pela 14º ano consecutivo o melhor destino de ecoturismo do Brasil, se destacando também em turismo de eventos.

Pesca, últimas semanas

Pantanal e Serra da Bodoquena são os principais atrativos do Estado, recebendo milhares de turistas nacionais e estrangeiros o ano todo. Contudo, um bom roteiro pode ser planejado nos 47 municípios do mapa turístico pela variedade de atividades, envolvendo natureza e programas urbanos, onde se inclui parques, praças, museus e centros gastronômicos.

Boca da Onça, em Bodoquena: maior cachoeira do Estado e muita adrenalina no rapel. Foto Divulgação

Neste mês de outubro, cujos feriados dos dias 11 e 12 se intercalam com o ponto facultativo de sexta-feira e o fim de semana, são cinco dias para desfrutar das belezas naturais e um leque de opções para todos os gostos. A pesca esportiva é um atrativo a mais com a aproximação do período de piracema, quando a prática é proibida de 5 de novembro a 28 de fevereiro.

As bacias dos rios Paraguai e Paraná atraem pescadores de todo o País pela sua piscosidade, mas as águas do Pantanal concentram maior número de turistas em busca de emoções ao fisgar um dourado, pintado ou pacu. Corumbá, Porto Murtinho, Aquidauana, Miranda e região de Coxim são os principais polos da pesca esportiva e contam com excelente estrutura.

Safari na estrada ecológica

Estas cidades oferecem ainda outras alternativas, como o ecoturismo e passeios por centros históricos. A Estrada Parque do Pantanal (acessos pelas MS-184 e MS-228), em Corumbá, tem hotéis, pousadas e pesqueiros com pacotes que incluem pesca (embarcada ou de barranco), passeios de barco e canoas, safári, focagem noturna, cavalgada e observação de pássaros.

A Estrada Parque, com 120 km de extensão de estrada encascalhada e em boas condições de tráfego mantido pelo Estado, é uma imersão à rica biodiversidade do Pantanal. Distante 300 km de Campo Grande (entrada no entroncamento da BR-262 com a MS-184), conta com boa estrutura hoteleira no Passo do Lontra, comunidade situada às margens do Rio Miranda.

Águas cristalinas: aquário natural, um dos atrativos de Bonito. Foto Fundtur

Saindo da Capital pela BR-262, rumo a Oeste, o turistas tem outra Estrada Ecológica de beleza também incomparável, cruzando a morraria da Serra de Maracaju e os rios entre Palmeiras e Piraputanga, acesso para Aquidauana. Mais adiante, chega-se a cidade mais antiga do Estado, Miranda (fundada em 1778), destino de ecoturismo e pesca e rota para a Serra da Bodoquena.

Praias naturais e fronteira

A região do Vale do Aporé, com destaque para Cassilândia, desponta como ótima opção de lazer com suas cachoeiras, onde se pratica rapel e passeios de caiaque e boia-cross. Mais ao sul, a fronteira com o Paraguai, a partir de Dourados, é muito mais do que compras: tem áreas de camping, balneários e vestígios da Guerra do Paraguai e o museu da saga da erva-mate.

Os municípios da bacia do Paraná, de Paranaíba a Mundo Novo, investem forte no turismo contemplativo. Além da pesca do tucunaré, as rotas do Conesul, Costa Leste e Vale das Águas têm parques (Ilha Grande e Várzeas do Ivinhema) e lagos formados pelas hidrelétricas, onde se passeia de barco a vela e Jet-ski. Pousadas e balneários se instalaram nas praias naturais.

A Serra da Bodoquena desponta com um conjunto serrano de belíssimas paisagens e águas cristalinas, onde Bonito reina com sua forte marca de melhor destino de ecoturismo. A rota inclui cidades que foram palcos de acontecimentos históricos, como a Retirada da Laguna, mas os roteiros naturais são imperdíveis nas cachoeiras e grutas, as trilhas, flutuação e mergulho.

Costa Rica: Parque Salto do Sucuriu, natureza privilegiada com boa estrutura para visitação. Foto Divulgação

Camping e ufologia

A rota Norte também é Pantanal, com uma paisagem diferenciada pela formação geológica milenar. As rochas situadas em Sonora e Alcinópolis guardam pinturas rupestres muito visitadas. É uma região muito rica em atrativos aquáticos, como o Parque Salto do Sucuriu (Costa Rica) e as Sete Quedas (Rio Verde). Coxim, na beira do Taquari, é destino certo para a pesca.

Para quem vai passar o feriado em Campo Grande e região da Rota dos Ipês, sem gastar muito, a Fundtur elencou várias opções. Na Capital, o Parque das Nações Indígenas é um dos principais pontos de encontros de famílias e praticantes de esportes. Rio Negro, a 160 km, tem cachoeiras de até 100m de altura. Corguinho (100 km) é o centro dos fenômenos ufólogos.

Para quem é praticante do campismo, o Estado tem tudo a oferecer: são 11 áreas cadastradas, localizadas em Bodoquena, Bonito, Coxim, Guia Lopes da Laguna, Jardim e Nova Alvorada do Sul. O camping permite ao viajante desfrutar do contato com a natureza na experiência turística, conhecer a biodiversidade do destino e contemplar a beleza das paisagens.

Mais informações:

Site: FundturMS • Facebook: visitmsoficial
Twitter: @visitmsoficial • Instagram: @visitmsoficial

Carregando comentários...
Notícias
Variedade