Pular o café da manhã pode aumentar o risco de morte por doença cardiovascular

Ilustração.
Imagem: Reprodução Internet

Quem nunca ouviu que o café da manhã é a refeição mais importante do dia?

15/05/2019 às 11:34 | Bem Estar/Globo.com

Quem nunca ouviu que o café da manhã é a refeição mais importante do dia? Mas muita gente não sabe o que escolher na hora de tomar o café da manhã. A nutricionista Elaine Moreira explica que a primeira refeição estimula o metabolismo, reduz o hormônio do estresse e também diminui a fome no fim do dia.

“Um café da manhã completo precisa ter todos os grupos alimentares: carboidratos, proteínas, fibras e vitamina”, diz a nutricionista. 

E qual a relação do café da manhã com o coração? 

Um estudo divulgado pelo American College of Cardiology, associação médica que se dedica a doenças cardiovasculares nos EUA, afirma que o café da manhã pode também salvar vidas. Pular a primeira refeição do dia está associado a um maior risco de morte por doenças cardiovasculares, afirmam os pesquisadores.

A Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu (SP) também estudou o café da manhã e o jantar. Os 11 pesquisadores descobriram que ficar sem café da manhã e jantar tarde aumentam o risco de morte.

A pesquisa foi realizada durante um ano e fez testes com pessoas já infartadas que não tomam café da manhã e jantam próximo da hora de dormir e outras com hábitos alimentares regulares.

Com isso, o estudo mostrou que esses dois fatores aumentam os riscos de não resistir a um novo ataque cardíaco. Além disso, esses dois tipos de hábitos alimentares aumentam a probabilidade de morte em 4 a 5 vezes.

A ideia do estudo é provar como os hábitos alimentares são essenciais para manter o organismo mais resistente.

Carregando comentários...
Notícias
Saúde