Mulher residente em Corumbá é a 15ª morte por gripe no Estado

Imagem: Reprodução: arquivo familiar

Jonirce Ovando, 49 anos, estava na UTI da Santa Casa desde o dia 5 de junho e morreu ontem (09).

10/06/2019 às 13:17 | CGNews

A funcionária da Receita Federal Jonirce Ovando, 49 anos, morreu de gripe H1N1 em Corumbá, neste domingo (9). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é a terceira morte no município pela doença e, sendo ratificada pelo Estado, a 15ª morte em Mato Grosso do Sul.

Segundo divulgado pelo site Diário Corumbaense, Jonirce estava internada no Hospital da Cassems, sendo transferida no dia 5 de junho para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Corumbá. Porém, teve complicações e morreu ontem.

A primeira morte por H3N2 este ano no município foi registrada no dia 26 de janeiro, um trabalhador rural de 43 anos; a outra foi de Mari Soares, de 36 anos, do grupo das puérperas, em consequência do H1N1. A paciente teve parto normal complicado, com pré-eclâmpsia (pressão alta) e estava com a imunidade muito baixa devido a outras doenças.

Até o último boletim, a Secretaria Estadual de Saúde registrava 14 mortes, a maioria, em Três Lagoas.

Carregando comentários...
Notícias
Saúde