Mato Grosso do Sul já registrou 37 mortes por dengue em 2020

São Gabriel do Oeste chegou a 1.677 notificações neste ano, é o terceiro município do Estado no ranking de incidência.

21/05/2020 às 09:16 | do Idest, JWC

Foram registradas mais três mortes por dengue em Mato Grosso do Sul, segundo aponta o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta quarta-feira (20). Somente em 2020 são 37 óbitos provocados pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Os novos casos de óbitos são de um idoso, de 67 de anos, morador de Campo Grande que tinha hipertensão e morreu no dia 6 de maio. No dia 8, a vítima foi uma menina, de 10 anos, de Dourados. A terceira morte é de um homem de Ponta Porã, de 38 anos, que foi a óbito no dia 10.

Campo Grande lidera o índice de mortes registradas pela doença com sete casos. Em Corumbá foram quatro mortes neste ano. Dourados e Naviraí têm três mortes. Caarapó, Chapadão do Sul e Mundo Novo registraram dois casos. Ponta Porã, Itaquiraí, Sete Quedas, Laguna Carapã, Cassilândia, Paranaíba, Nova Andradina, Itaporã, Aquidauana, Bodoquena, Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Pedro Gomes e Costa Rica têm uma morte cada.

São Gabriel do Oeste chegou a 1.677 notificações neste ano, é o terceiro município do Estado no ranking de incidência, um aumento de 32 notificações em relação a última semana.

Medidas importantes

A principal ação que a população tem que fazer é se conscientizar e evitar água parada em qualquer local em que ela possa acumular, em qualquer época do ano. Além do Aedes Aegypti transmitir a Dengue hoje o mosquito tornou-se um dos maiores inimigos da saúde pública por transmitir também o vírus Zika e a Febre do Chikungunya.

As principais medida de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são:

  • Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
  • Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;
  • Manter caixas da água bem fechadas;
  • Remover galhos e folhas de calhas;
  • Não deixar água acumulada sobre a laje;
  • Encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana;
  • Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
  • Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
  • Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
  • Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
  • Acondicionar pneus em locais cobertos;
  • Fazer sempre manutenção de piscinas;
  • Tampar ralos;
  • Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
  • Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
  • Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
  • Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
  • Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
  • Catar sacos plásticos e lixo do quintal.
 
Carregando comentários...
Notícias
Saúde