Em São Gabriel do Oeste, 60% do público-alvo se vacinou contra a gripe, após mobilização nacional

Ilustração.
Imagem: do Idest, JWC - arquivo

A campanha continua até o dia 26 de maio em todos os postos de saúde do município.

19/05/2017 às 14:03 | do Idest, JWC

Em São Gabriel do Oeste, até esta sexta-feira (19), 60% do público-alvo se vacinou contra a gripe, considerando todos os grupos com indicação para a vacina, segundo informações da secretaria municipal de Saúde.

A meta neste ano, para São Gabriel do Oeste é vacinar 4.324 pessoas até o dia 26 de maio, quando termina a campanha, deste total, 2.602 já receberam a vacina. O Dia D de mobilização nacional para vacinação ocorreu no último sábado, dia 13 de maio.

Dentre os grupos prioritários as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, atingiram 45% da meta; gestantes (49%); mulheres que deram à luz até em 45 dias (79%); idosos com 60 anos ou mais (74%); trabalhadores na saúde (80%). Ainda dentro dos grupos prioritários, 248 professores foram vacinados.

É fundamental importância que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas no inverno, quando os vírus da Influenza começam a circular com maior intensidade. É importante que as pessoas dos grupos prioritários procurem seus postos de saúde e levem a carteira de vacinação.

Prevenção - A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe - especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações - devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração. 

Carregando comentários...
Notícias
Saúde