Vereadores votam nesta terça requerimento que pode afastar prefeito e vice de Camapuã

Imagem: do Idest - arquivo

Para o afastamento são necessários seis votos favoráveis.

28/05/2019 às 17:50 | do Idest, JWC

Os vereadores de Camapuã devem votar na sessão desta terça-feira (28), um requerimento de afastamento do prefeito Delano de Oliveira Huber e da vice-prefeita Luzia Maidana da Rocha Silva, por ato de improbidade administrativa.

O requerimento de afastamento foi proposto pela vice-presidente da Câmara, vereadora Marcia Pereira Avila de Lima, e para que prefeito e vice-prefeita sejam afastados são necessários seis votos favoráveis pelo afastamento, que será pelo prazo máximo de 180 dias.

Em caso de afastamento, o presidente da Câmara, vereador Lellis Ferreira da Silva é quem assumiria o Executivo Municipal.

Leia mais: Camapuã: MP pede afastamento de prefeito e vice-prefeita acusados de improbidade administrativa

Entenda

Consta na denúncia do MP, foi juntada cópia de Relatório Conclusivo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que comprovou que os serviços foram executados para beneficiar exclusivamente a propriedade da vice-prefeita, e com ônus para o município.

Ao final da CPI da Câmara Municipal, o Relatório foi entregue ao Ministério Público da Comarca, o que originou a presente ação de improbidade administrativa.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de Camapuã, como consequência do recebimento de ação de improbidade administrativa pelo juízo competente, é atribuição da Câmara Municipal afastar as autoridades processadas de suas atividades, até o julgamento ou sentenciamento do processo.

Carregando comentários...
Notícias
Política