Sonora: Prefeito e vereadores acompanham reforma de ponte no assentamento

Imagem:

Ponde de madeira com durabilidade baixa, agora será trocada por aduelas de concreto.

08/11/2019 às 09:33 | do Idest, Eder Pereira com AsseCom

Através do Avança Sonora, projeto de reestruturação da infraestrutura da cidade, iniciou nesta semana reforma das pontes de madeiras do Assentamento Carlos Roberto Soares de Melo, elas serão trocadas por aduelas de concreto, que tem maior durabilidade e segurança.

O prefeito Enelto Ramos (DEM) esteve nesta quarta-feira (06) no local das obras, juntamente com os vereadores Raphael de Lemos (MDB), Juraci Onório, o Neco do Bar (MDB) e Eliel Rufino (PEN), acompanharam o andamento dos trabalhos da gerência de obras.

“Esta construção vai trazer economia aos cofres públicos, enquanto a de madeira precisa ser feito manutenção a cada dois a três anos, a de aduela de concreto pode durar até o triplo deste tempo”, destacou o prefeito Enelto Ramos (DEM).

De acordo com o prefeito a obra era pra ser realizada pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, mas a demora na liberação do recurso e a urgência na execução da obra, fez com que Enelto resolvesse fazer com recurso próprio através da equipe da gerência de obras.

“Não podíamos esperar mais para executar esta obra, estava ficando perigoso. No local passa ônibus escolar área de escoamento. Não podíamos correr este risco e juntos com a equipe de obras, através do gerente Antonio João, fizemos todos os estudos e decidimos fazer por conta própria e atender aquela comunidade com mais esta obra de grande importância”, disse Enelto.

Na visita Enelto e os vereadores destacaram o serviço como de qualidade que deve seguir o cronograma normal, sendo entregue dentro do prazo, sem transtornos para os moradores do assentamento.

“Obrigado aos vereadores que me acompanharam e parabéns ao gerente de obras e sua equipe pelo trabalho que esta sendo executado com muita competência e responsabilidade. Nossa meta é trocar todas as pontes de madeira por este mesmo material, que é mais duradouro. Aos poucos vamos realizando feitos ainda não realizados para Sonora, com muita cautela e respeito a comunidade”, concluiu Enelto.

Carregando comentários...
Notícias
Política