Camapuã: Ponte de madeira que desabou com caminhão dará lugar a estrutura de concreto

Imagem: Aloizio Targino/InfocoMS

Com investimento de R$ 1,4 milhão, segundo a Agesul, a expectativa é de que a obra seja a solução de um antigo problema dos produtores rurais da região de Camapuã e São Gabriel do Oeste.

14/07/2017 às 11:32 | CGNews

A ponte de madeira sobre o rio Coxim, na MS-142, que no início de janeiro deste ano não suportou o peso de um caminhão caçamba e desabou, será substituída por uma ponte de concreto com 50 metros de comprimento por seis de largura, anunciou a Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos (Agesul), nesta sexta-feira (14).

Com investimento de R$ 1,4 milhão, segundo a Agesul, a expectativa é de que a obra seja a solução de um antigo problema dos produtores rurais da região de Camapuã e São Gabriel do Oeste. A MS-142 faz a ligação entre os dois municípios, e a ponte sobre o rio Coxim é fundamental para o escoamento da produção agropecuária.

No acidente que ocorreu no dia 10 de janeiro deste ano, o caminhão caçamba, da frota do Governo do Estado, estava carregado de cascalho e a ponte de madeira desabou. Felizmente o motorista, de 65 anos, sofreu apenas ferimentos leves, conforme informação do Hospital Municipal de Camapuã.

Segundo a Agesul, a empresa vencedora do processo de licitação para a construção da ponte é a Trilha Engenharia. O resultado foi divulgado na edição 9.437 do Diário Oficial do Estado (DOE-MS), publicado no dia 27 de junho de 2017.

O Governo do Estado prevê investimentos de mais de R$ 104 milhões na construção de 90 pontes de concreto em 39 municípios de Mato Grosso do Sul. Desse total, 31 já foram entregues, 21 estão em execução e outras 38 passam por processo de licitação.

Carregando comentários...
Notícias
Política