Vereador de Rio Verde é investigado por receptação de gado furtado

22/05/2013 às 10:29 | do Idest, Suzana Vanessa
Uma investigação sobre furto de gado em fazendas do município de Rio Verde de Mato Grosso, levou a Polícia Civil local, a identificar o vereador Fabio de Oliveira Souza (PRTB), mais conhecido como “Fabinho Borracheiro”, como sendo suspeito de participar do esquema como receptador dos animais furtados.

Segundo o delegado Eder Oliveira Moraes, a apuração das denúncias teve início no mês de abril, e há cerca de uma semana, 20 cabeças de gado foram encontradas em uma propriedade do vereador. Segundo a polícia, nenhum dos cinco envolvidos no crime foi preso até o momento, pois o caso não se deu em flagrante.

O delegado afirma que um mandado de prisão contra o vereador Fabio de Oliveira só deve ser pedido à Justiça caso seja comprovada a formação de quadrilha entre os três responsáveis pelo furto e os receptadores. O suspeito ainda não foi localizado pela polícia, e também não participou da última sessão da Câmara de Vereadores de Rio Verde, realizada nesta terça-feira (21).

Outro lado

O advogado que representa o vereador, Evaldo Luiz Rigotti, disse em entrevista, que seu cliente nega a participação no caso. O defensor explica que entrou com pedido de habeas corpus preventivo para que a liberdade do parlamentar seja respeitada. Rigotti explica ainda, que irá até a delegacia ainda nesta quarta-feira (22), para ter acesso ao inquérito da investigação do caso. (Com informações CG News)

Leia mais sobre o caso: Polícia Civil recupera gado furtado e prende três em Rio Verde

Carregando comentários...
Notícias
Policial