Dois morrem após troca de tiros com a PRF em Coxim, outros três foram presos

PRF apreendeu armas, munições e grande quantidade de maconha.

30/11/2019 às 11:10 | do Idest, JWC

Foto: Divulgação PRF

Dois homens morreram após entrarem em confronto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite desta sexta-feira (29), por volta das 20 horas, no quilômetro 734 da BR-163 em Coxim.

De acordo com informações da PRF, a equipe de serviço realizava uma barreira policial quando foi dada ordem de parada ao veículo Honda Civic, no entanto, o condutor não obedeceu e avançou com o veículo em direção a um dos policiais e posteriormente colidindo na lateral da viatura, momento em que a equipe percebeu um disparo de arma de fogo vindo do interior do Civic, quando um dos policiais respondeu imediatamente efetuando sete disparos.

O Civic, deslocou-se alguns metros, vindo a parar sobre a faixa de rolamento, sendo que os dois ocupantes desembarcaram do veículo e caíram ao solo, sendo que ambos haviam sido alvejados, e havia 01 revolver calibre 38 ao lado do passageiro sobre a pista de rolamento.

Foto: Divulgação PRF

Os policiais encaminharam os dois suspeitos ao Hospital Regional de Coxim para o socorro médico, sendo que durante o deslocamento o condutor alegou que havia um veículo Gol branco realizando o serviço de batedor.

Em revista no interior do Civic, os policiais localizaram diversos tabletes de substância análoga à maconha, que pesaram 840 quilos, bem como duas carabinas calibre 12 e cartuchos do mesmo calibre.

Foto: Divulgação PRF

Já por volta das 22 horas, a PRF abordou o veículo VW Gol, com placas do Mato Grosso, que seguia sentido Sonora-Coxim, o qual era conduzido por Maylson Muniz Vieira e passageiros Giovanny Alexandro de Souza Silverio e Mayara Borges de Moraes, os quais apresentaram bastante nervosismo e contradições quanto ao motivo da viagem. Em revista minuciosa no interior do veículo, os policiais localizaram o CRLV do veículo Honda Civic, que possui registro de furto no estado de Goiás, um revólver calibre 38, municiado com 6 munições intactas e 03 caixas de munição calibre 22 com 50 munições cada, dentro da bolsa da passageira Mayara.

Foto: Divulgação PRF

Ao serem questionados pelos policiais, o passageiro do Gol, Giovanny declarou ter recebido R$ 3 mil para realizar o serviço de batedor para o veículo Honda Civic com a carga de drogas e armas.

Armas e drogas foram apreendidas e os ocupantes do veículo Gol encaminhados para Delegacia de Polícia Civil de Coxim para os procedimentos cabíveis.

Editada às 16h37 para acréscimo de informações.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Policial