PMA de Costa Rica autua médico paulista em R$ 1,7 mil e apreende 50 kg de pescado ilegal

Imagem: Divulgação PMA

Pescado era transportado sem a licença ambiental e sem a Guia de Controle de Pescado (GCP).

11/09/2019 às 10:54 | da Redação

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica realizavam fiscalização no entroncamento das rodovias BR-359 com MS-135 e autuaram ontem (10) à noite, um médico de 27 anos,  residente em Jaborandi (SP) com pescado ilegal.

De acordo com informações da PMA, durante abordagem ao veículo Toyota Hillux pertencente ao infrator, os policiais apreenderam 50 kg de pescado, que eram transportados sem a licença ambiental e sem a Guia de Controle de Pescado (GCP). O médico apresentou uma bolsa térmica contendo cerca de 15 kg de peixes e informou que efetuara a pescaria no estado de Mato Grosso, porém, não apresentou nenhuma comprovação. Em vistoria no veículo, os policiais encontram outra bolsa térmica com aproximadamente 35 kg de pescado.

O pescado foi apreendido. Os policiais efetuaram auto de infração administrativo e aplicaram multa no valor de R$ 1.700,00 contra o autuado, residente em Jaborandi (SP). Os peixes serão doados para instituições filantrópicas.

A falta de vistoria e lacre não se caracteriza crime, mas é infração administrativa, com previsão de multa e apreensão do produto da pesca. A multa é de R$ 700,00 a R$ 100.000,00, com mais R$ 20,00 por cada quilo do pescado ilegal.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Policial