PMA autua pescador por construir rancho de pesca em área protegida de matas ciliares

Imagem:

O infrator, um pescador profissional de 32 anos, construía o rancho de 40 m² sem a autorização ambiental.

07/12/2018 às 12:32 | da Redação

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Dourados realizava fiscalização no município de Deodápolis e localizou ontem (06) no final da tarde, a construção em madeira de um rancho pesqueiro, à margem do rio Brilhante, dentro da área de preservação permanente (APP) de matas ciliares, que é protegida por lei. O infrator, um pescador profissional de 32 anos, construía o rancho de 40 m² sem a autorização ambiental.

A PMA interditou as atividades. O infrator  de 32 anos, residente em Deodápolis, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.000,00 pela construção ilegal. Ele também responderá por crime ambiental de degradar área de preservação permanente (APP) e, se condenado, poderá pegar pena de detenção de um a três anos.

O autuado também foi notificado a apresentar projeto de recuperação de área degradada e alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Policial