PMA autua infrator por desmatamento de 46,46 hectares de vegetação nativa de cerrado em Camapuã

Imagem: Divulgação PMA

As atividades foram interditadas e o infrator de 82 anos, residente em Camapuã, foi autuado administrativamente por supressão vegetal e foi multado em R$ 46.460,00.

07/03/2020 às 08:04 | da Redação

Policiais Militares Ambientais de São Gabriel do Oeste vistoriaram uma fazenda no município de Camapuã ontem (06), em razão de um desmatamento ilegal de 46,46 hectares de vegetação nativa do bioma cerrado, descoberto por imagem de satélite.

O proprietário da fazenda realizou o desmatamento no ano de 2017 e a área já estava com plantio de pastagem e criação de gado bovino. Havia parte da madeira proveniente da vegetação desmatada em leiras em meio à pastagem no local. A caracterização do uso atual e aferição da área foi realizada com uso de drone e GPS.

As atividades foram interditadas e o infrator de  82 anos, residente em Camapuã, foi autuado administrativamente por supressão vegetal e foi multado em R$ 46.460,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena de três a seis meses de detenção. O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Carregando comentários...
Notícias
Policial