PMA autua comerciante por construção de garagem degradando margem do rio Taquari

Imagem: Divulgação PMA

Comerciante foi multado em R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

12/10/2018 às 08:15 | da Redação

Policiais Militares Ambientais de Coxim realizavam fiscalização no rio Taquari, na região central da cidade, nas proximidades da praça do flutuante, durante a operação Padroeira do Brasil e localizaram ontem (10) em uma residência, a ampliação de construção degradando a mata ciliar do rio (área de preservação permanente – APP).

O proprietário e morador da residência, um comerciante de 47 anos, realizou obra de alvenaria, muro e calçada para servir como garagem à margem do rio Taquari, sem autorização ambiental.

As atividades foram interditadas. Pela infração administrativa, o proprietário recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Policial