Construtor é preso pela PMA por porte ilegal de arma, caça e pesca ilegais em Camapuã

Policiais apreenderam rifle, veado abatido e pescado ilegal.

18/09/2019 às 15:40 | da Redação

Foto: Divulgação PMA

Durante fiscalização ambiental em uma estrada conhecida como do Pesqueiro do Cacildo, no município de Camapuã, Policiais Militares Ambientais de São Gabriel do Oeste prenderam um construtor de 58 anos, por porte ilegal de arma, caça e pesca ilegais, na manhã desta quarta-feira (18), por volta das 09h30.

De acordo com informações da PMA, o infrator, que havia sido denunciado por pratica de caça ilegal, estava em um veículo Toyota Hillux, e, em um freezer na carroceria do veículo foram apreendidos: uma carcaça de animal silvestre da espécie veado-catingueiro (mazama gouazoubira) sem a cabeça e sem o couro, três exemplares de pescado da espécie piraputanga e piau-três-pintas, havendo exemplares abaixo da medida e um rifle calibre 22 sem documentação, além do veículo.

O infrator, residente em Chapadão do Sul, confessou que estava fazendo um serviço em uma fazenda no município de Camapuã, caçou o animal e capturou o pescado no rio Coxim. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Camapuã, onde foi autuado em flagrante por caça e pesca predatórias e por porte ilegal de arma.

Foto: Divulgação PMA

As penas para os crimes são as seguintes: caça ilegal – seis meses a um ano de detenção. Pesca predatória – um a três anos de detenção. Porte ilegal de arma – dois a quatro anos de reclusão. O infrator também foi autuado administrativamente pelas infrações ambientais e foi multado em R$ 1.220,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Carregando comentários...
Notícias
Policial