MS conquista segunda colocação por equipe no Brasileiro de Muaythai no ES

Imagem:

Participaram atletas das cidades de São Gabriel do Oeste, Corumbá, Rio Verde, Chapadão do Sul, Selviria, Campo Grande, Ponta Porã, Dourados, Aquidauana, Bataguassu, Anaurilândia e Costa Rica.

11/09/2019 às 13:46 | do Idest, JWC

A Federação de Muaythai Tradicional de Mato Grosso do Sul esteve no último final de semana no Campeonato Brasileiro de Muaythai, que foi realizado em Cachoeiro de Itapemirim (ES), e conquistou a segunda colocação por equipe no geral. O evento iniciou no sábado (07) com a organização da Federação Capixaba de Muaythai  e Muay Boram e Chancelado pela Confederação Brasileira de Muaythai e Muay Boran (CBMB), com seu término no domingo (08). 

Mato Grosso do sul foi representado por 38 atletas, quatro técnicos, um árbitro e seu dirigente, o vice-presidente da federação e Confederação, Pedro Lopes Santana. 

Segundo Pedro Lopes, a seleção do Estado teve atletas em todas as categorias em disputas, os destaques ficam por conta dos GPS profissionais, na 54 kg feminina a atleta de Campo Grande da equipe Dragão Branco, Débora da Rosa Santos, fez sua primeira luta com a atleta de São Paulo, Patrícia Borges Fernandes, onde não conseguiu sua vaga na final, já na categoria 60 kg feminina a atleta Almerinda Keila de Oliveira, de Selvíria, da equipe Rafael Vermelho Team/Power Fighters, lutou com a atleta do Rio de Janeiro, Iasmim Guimarães Mota, uma luta dura, onde a atleta do Rio venceu por decisão médica.

Michael Antunes (Jamaica) de Ponta Porã, foi vice-campeão na categoria 67 kg.

Na categoria masculina 67 kg foi a vez do atleta Michael Antunes (Jamaica) de Ponta Porã, da equipe CT Thai Fight/ Power Fighters, travou 2 lutas duras, fez sua primeira luta contra o atleta de São Paulo, Nivaudo Ferreira de Souza Júnior, onde passou para a final contra favorito atleta do Rio de Janeiro, Gilberto de Santana Rodrigues, atual campeão mundial na Tailândia este ano, uma das melhores lutas do evento, foram cinco rounds de muita guerra entre os dois atletas, onde o atleta do Rio conquistou o cinturão por um ponto de diferença na somatória. Na categoria 75 kg foi o atleta de Chapadão do Sul, da equipe Power Fighters, Bruno Scheffer Rotini, onde enfrentou o atleta do Rio Grande do Sul, Leonardo Martins, atleta na qual foi campeão da GP, onde o atleta do RS venceu por nocaute técnico. 

“Fomos a busca do tetra campeonato, mas dessa vez viemos com a segunda colocação por equipe no geral, mas como de costume, nós passamos os troféus para equipe nova do Estado de Santa Catarina, vieram com muitos atletas, então eles também merecem”, disse Pedro. 

Gustavo Henrique, de Campo Grande, da equipe Dragão Branco, foi eleito melhor atleta da competição na categoria adulta masculina.

Em outras categorias Mato Grosso do Sul também teve muitos destaques, atletas já tarimbados em campeonatos brasileiros, como é o caso do Gustavo Henrique de Campo Grande, da equipe Dragão Branco. Gustavo foi eleito melhor atleta da competição na categoria adulta masculina, conseguiu dois lindos nocautes, cada um em menos de 30 segundos de luta, sua categoria a 75 kg am. Outro atleta também já com experiência que foi campeão foi o atleta de Aquidauana, da equipe Team Vitão, Daniel Nunes, na categoria 71 kg pro Am, assim como tivemos também outros destaques nas categorias de base, caso da atleta Renata Junqueira, de Anauriândia, da equipe Power Fighters, que se consagrou bicampeã brasileira na categoria 51 kg amador. 

Renata Junqueira, de Anauriândia, da equipe Power Fighters, se consagrou bicampeã brasileira na categoria 51 kg amador. 

A Federação contou com total apoio do Governo do Estado através da Fundesporte no deslocamento da equipe até o Espirito Santo. “Muito importante o governo apoiar o esporte indiferente de modalidade, esporte é saúde, é educação de base para nossas gerações futuras, assim como estilo de vida para os adultos e idosos, eu Pedro Lopes quero agradecer o empenho do presidente Marcelo Ferreira Miranda – Diretor presidente da Fundesporte, Apolo Papelaria São Gabriel , Prefeitura Municipal de São Gabriel do Oeste, de Selvíria, de Rio Verde, Chapadão do Sul, Costa Rica”, agradeceu Pedro. 

Segue a lista dos resultados dos atletas de MS: 

Gabriel Henry- terceiro lugar – São Gabriel do Oeste – Power fighters

Erick Cardoso- vice campeão – Aquidauana – Team Vitão

Christian Oliveira- campeão – Campo Grande – Dragão Branco

Giovana Paes -vice campeã – Campo Grande – Dragão Branco

Gustavo Henrique - campeão (troféu de melhor atleta masc. adulto) – Dragão Branco

Michael Antunes Fernandes – vice-campeão GP Prof. 67 kg- Ponta Porã – Thai fight/ Power fighters

Ágata Luélen - vice campeã – Selvíria – RVT team/ Power fighters

Lucas Henrique - vice campeão – São Gabriel – Power Fighters

Renata Junqueira – campeã – Bataguassu – Power fighters

Daniel Nunes – campeão – Aquidauana- Team Vitão

Wilherson Jackson – campeão – Selvíria – RVT/Power fighters-

Gustavo Aldrigo - Terceiro Lugar - Bataguassu – Power fighters-

Samuel Fernando - Terceiro Lugar – Campo Grande – Canhete Team

Jonatan Richer - vice-campeão- Campo Grande – Canhete Team

Pedro Henrique Borges - campeão- Campo Grande – Dragão Branco

Beatriz Candida Machado - campeã- Campo Grande – Dragão Branco

Michael Inácio - terceiro lugar – Rio Verde – Power fighters

João Marcos Bortoloci - Campeão- Selviria – RVT/ Power Fighters

Patrick Alencar Mariano - campeão - Campo Grande – Fuzão

Wellington Santos Sarti – vice campeão – Anaurilândia – Power fighters

Angely M. de Souza Aquino Lopes – vice campeã- Chapadão do Céu – Power fighters

Josemara Messias de Oliveira – vice campeã – São Gabriel do Oeste – Power fighters.

Mais fotos

Carregando comentários...
Notícias
Esporte