Fundesporte publica inscrições deferidas e indeferidas no Programa Bolsa-atleta e Bolsa-técnico

Imagem:

Os candidatos indeferidos interessados a recorrer da decisão, tem o prazo de três dias úteis, contados a partir da publicação no DOE para protocolar o pedido de recurso.

18/12/2018 às 08:40 | da Redação, Vanessa Ayala

A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) publica nesta segunda-feira (17) a listagem das inscrições deferidas e indeferidas no programa Bolsa-atleta e Bolsa-técnico 2019 de acordo com o Diário Oficial do Estado (DOE), nº 9802 de 17 de dezembro de 2018, página 20 a 24.

 Link de acesso ao Diário Oficial 9.802 

Os candidatos indeferidos interessados a recorrer da decisão, tem o prazo de três dias úteis, contados a partir da publicação no DOE para protocolar o pedido de recurso, que deverá ser entrega na sede da Fundação de Desporto e Lazer e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) localizada na Av. Mato Grosso, 5778 - Centro, Campo Grande – MS ou encaminhada via postal (Sedex com A.R). A data da postagem não poderá ultrapassar o prazo estabelecido para recurso.

Endereço de postagem: Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) - Av. Mato Grosso, 5778 – Parque dos Poderes, Campo Grande – MS, (Bloco 4). CEP – 79.031-001. 

Bolsa-atleta e Bolsa-técnico

Foram realizadas mais de 600 inscrições para participar da seleção dos programas bolsa-atleta e bolsa-técnico 2019.  O Governo do Estado por meio da Fundesporte, ofertará 190 bolsas, nas categorias: Estudantil, Nacional e Pódio Complementar, para o atleta. Já o Bolsa-Técnico é dividido em Escolar e Nacional.

A Bolsa-Atleta Estudantil foi a que teve maior número de inscrições, 315 no total. Nessa categoria, o Governo do Estado contemplará 100 candidatos com bolsa mensal de R$ 381,19. O auxílio é direcionado para alunos-atletas, com idade de 12 a 17 anos, que se destacam em competições estudantis nacionais e internacionais. O principal objetivo é incentivar os talentos escolares, com a ajuda de custo, para continuar treinando e participando das competições representando o Estado.

Na Bolsa-Atleta Nacional, foram 212 inscritos, concorrem a 50 bolsas no valor mensal de R$871,29. De acordo com o regulamento, podem ser beneficiados talentos esportivos, com idade mínima de 14 anos, que brilham em campeonatos nacionais e internacionais. A intenção é estimulá-los a não abandonar o esporte e continuarem se dedicando a representar Mato Grosso do Sul.

Foram oferecidas 20 Bolsa-Atleta Pódio Complementar, ao todo 18 candidatos se inscreveram, o auxílio mensal é de R$ 871,29. A modalidade é direcionada a atletas de Mato Grosso do Sul que já recebem bolsa federal.

Na Bolsa-Técnico I, se candidataram ao benefício, 36 treinadores. Já no Bolsa-Técnico II, o número de inscrição foi superior a 25. Em cada categoria foram oferecidas 10 bolsas. Na primeira, são contemplados técnicos em nível escolar, responsáveis pelos alunos-atletas habilitados a receber a bolsa-atleta estudantil, a ajuda de custo nesta categoria é no valor de R$ 544,56. Já na segunda, beneficia os técnicos dos atletas de ponta, aptos a receber as bolsas pelo desempenho em competições nacionais e internacionais, o valor do benefício é de 816,84.

O prazo para cadastramento, terminou  no último dia 8 de novembro, após um mês do lançamento do edital e abertura do sistema online. A nova forma de cadastramento foi criada para facilitar os procedimentos de inclusão e participação dos atletas e técnicos ao benefício do Governo Estadual.

Para 2019, serão investidos mais 1,3 milhão um reajuste de R$ 152 mil no valor total do benefício, o pagamento da primeira parcela está previsto para o mês de abril.

A lei ainda prevê a suspensão e o cancelamento da bolsa em casos de má conduta dos contemplados como falsidade documental, suspensão por indisciplina, declaração falsa ou quando deixam de cumprir os requisitos durante o recebimento do benefício como mudança do Estado e abandono da prática esportiva.

Carregando comentários...
Notícias
Esporte