Três escolas de MS adotam modalidade a distância para alunos do Ensino Médio

Em Campo Grande, modalidade não presencial será adotada na Escola 26 de Agosto.
Imagem: Reprodução

Para complementar carga horária, estudantes poderão ter aulas on line em casa ou dentro da escola em que estudam.

11/01/2019 às 09:38 | CGNews

Pela primeira no Estado, três escolas estaduais do Ensino Médio Regular vão adotar modalidade de aulas não presenciais, como complemento da carga horária ampliada de 30 horas semanais. A matriz curricular “a distância” foi aprovada para instituições em Campo Grande, Dourados e Deodápolis.

A resolução da Secretaria Estadual de Educação (SED) foi aprovada para a escola estadual 26 de Agosto, em Campo Grande; Celso Muller do Amaral, em Dourados e Scila Médici, em Dourados.

A flexibilização já era adotada na rede estadual de desde 2008, como no Escola para Jovens Adultos (EJA) ou Avanço do Jovem na Aprendizagem (AJA), mas será a primeira vez no Ensino Médio Regular.

Segundo informações da SED, nessa adequação, o aluno poderá complementar o estudo com aulas on line em casa ou na própria instituição de ensino. O sistema facilitaria o ensino para pessoas que estão na escola à noite, por exemplo, e poderiam ter dificuldade de continuar os estudos por conta do horário estendido.

Apesar de já previsto em legislação, a implantação se adequa a uma das propostas do presidente da República, Jair Bolsonaro, que defende o ensino a distância até mesmo no ensino fundamental, com alunos de 6 a 14 anos.

Carregando comentários...
Notícias
Educação