Inmet alerta 41 municípios de MS para risco de tempestade com ventos de até 100 km por hora

Na madrugada deste domingo, houve queda de árvores na Capital.
Imagem: Álvaro Rezende / Correio do Estado

Por conta das rajadas de vento, há risco de queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

01/09/2019 às 17:45 | Correio do Estado

Setembro começou com mudança no tempo em Mato Grosso do Sul, com pancadas de chuva após 47 dias de estiagem. As chuvas devem continuar pelo menos até esta segunda-feira (02), com possibilidade de tempestades em 41 municípios do Estado, que estão com alerta vigente de perigo potencial, emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Segundo o aviso meteorológico, válido deste domingo até segunda-feira (2), devem ocorrer chuvas entre 30 e 60 milímetros por hora, ventos intensos, entre 60 e 10 km/h, queda de raios e granizo.

Devem ficar em alerta Água Clara, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Corguinho, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Fátima do Sul e Glória de Dourados.

Além delas, Itaporã, Ivinhema, Jaraguari, Jateí, Juti, Maracaju, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina estão na lista.

Por conta das rajadas de vento, há risco de queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Orientação é que, em casos de chuvas intensas, população evite áreas e vias alagadas e se abrigar ou estacionar embaixo de árvores, torres de transmissão e placas de propaganda.

Frente fria que passa pelo Estado e derrubou as temperaturas neste domingo deve se afastar e a segunda-feira terá amanhecer ameno, com temperaturas se elevando durante a tarde.

Hoje, a chuva que era esperada devido ao longo período de estigem, causou alguns estragos na região norte da Capital. Entre as ocorrências registradas estão a queda de uma árvore em cima de um veículo e o destelhamento de casas por conta da forte chuva, no Jardim Noroeste.

Bairros vizinhos, como o Jardim Veraneio e o Parque dos Poderes tiveram fornecimento de energia interrompido por conta da chuva.

Carregando comentários...
Notícias
Cidades