São Gabriel: Feirão de Bezerras Leiteiras mostra o sucesso no melhoramento genético

Imagem: Divulgação Agraer São Gabriel do Oeste

Estima-se que o evento tenha reunido cerca de 350 pessoas incluindo produtores de outras cidades como Amambai, Rio Verde e Coxim, além de estudantes da Rede Estadual de Ensino.

11/07/2018 às 07:27 | da Redação, Aline Lira

Há quatro anos investindo no melhoramento genético dos bovinos de leite, os agricultores familiares do Projeto de Assentamento (PA) Itaqui, em São Gabriel do Oeste, promoveram a primeira edição do Feirão de Bezerras Leiteiras.

“Com capacitações e o apoio da Agraer, os produtores do assentamento já vem fazendo um trabalho de melhoramento genético dos rebanhos para aumentar a produtividade de leite. Dentro do evento tivemos animais da raça girolando e jersey, só que com características mais puxadas para a holandesa, ou seja, o que antes se via no assentamento eram animais mais rústicos e, hoje, um trabalho vem sendo feito para o aprimoramento”, explicou o coordenador da Agraer regional de São Gabriel do Oeste, Ivan Macena.

Foto: Agraer São Gabriel do Oeste

De acordo com Macena  o evento representa uma conquista, a materialização de um antigo sonho. “Esse grupo de leite a Agraer atende há um bom tempo. O feirão é uma ideia antiga, mas veio florir agora, uma forma de expor o trabalho de melhoramento genético feito dentro das propriedades assistidas com os serviços de Ater”.

Formado por 173 famílias, o assentamento conta com uma diversificação na produção. Frutas, hortaliças, ovos, aves e leite são alguns dos nichos que os agricultores familiares vem dedicando esforços e o tempo de trabalho para garantir renda e qualidade de vida no campo.

“Os produtores fizeram um ótimo trabalho. Aqui os animais mais caros chegaram a R$ 1.620 e 1.900,00. Isso demonstra o trabalho dedicado pelas 23 famílias de assentados que vem se dedicando dentro desta atividade”, enfatizou o coordenador.

Outro ponto interessante do evento na opinião de Ivan Macena foi o apoio dos grandes produtores aos vizinhos, assentados. “Normalmente não acontece algo desse tipo. Aqui, tivemos a participação dos grandes produtores, fazendeiros que estão ao redor do assentamento. Muitos deram aporte para a concretização do evento e no dia do feirão, ainda, trouxeram a família. Essa integração é essencial, pois o campo é mais forte quando todos cooperam”, analisou Ivan Macena.

Foto: Agraer São Gabriel do Oeste

Estima-se que o evento tenha reunido cerca de 350 pessoas incluindo produtores de outras cidades como Amambai, Rio Verde e Coxim, além de estudantes da Rede Estadual de Ensino. Fortalecer a cadeia produtiva do leite em São Gabriel do Oeste, apresentando o potencial do rebanho do Grupo Italeite por meio de bezerras leiteiras, criadas sob sistema intensivo e contando com a certificação de técnicos da Prefeitura e da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural  – Agraer, foi o principal foco do feirão.

Carregando comentários...
Notícias
Agronegócio