Faltando menos de 10% da área para ser colhida, São Gabriel caminha para mais uma safra recorde

Imagem: do Idest - arquivo

Estimativa do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste é de média superior a 67 sacas por hectare.

20/03/2020 às 13:17 | do Idest, JWC

São Gabriel do Oeste caminha para registrar mais uma ótima produção de soja na safra 2019/2020. Segundo informações do Sindicato Rural do município, restam menos de 10% da área para ser colhida e a produção deve superar a média de 67 sacas por hectare.

De acordo com informações do presidente do Sindicato Rural, Vilson Brusamarello, os agricultores que conseguiram plantar antes, entre 20 de outubro a 15 de novembro, tiveram uma produtividade maior. "Os plantios após o dia 15 de novembro tiveram uma produtividade menor, mesmo assim, acreditamos que o município vai ter uma média de quatro mil quilos por hectare. Vamos esperar terminar a colheita para fechar a produtividade, mas como falta pouco para colher, não deve alterar muito a média", disse Vilson.

Com relação a comercialização, Vilson destaca o valor da saca de soja que nesta quinta-feira (19), estava em média R$ 78. "Isso nunca aconteceu, geralmente nessa época de colheita baixa o preço, porém, o que está influenciando é o dolar que está acima de cinco reais. Penso que isso tem os dias contatos, a tendência é baixar, acredito que em menos de 30 dias o preço da saca deve estar abaixo de R$ 70", disse Vilson.

São Gabriel do Oeste teve uma área plantada de 120 mil hectares, de acordo com os dados do Sindicato Rural.

Safrinha

Com a colheita da safra de soja encaminhando para o encerramento, mais de 90% da área destinada ao milho safrinha foi plantada antes de 10 de março.

Em São Gabriel do Oeste a previsão é de que 80 mil hectares receberão o plantio do milho safrinha.

Carregando comentários...
Notícias
Agronegócio